Música

Dança no MIS: “Lua Nova”, de Toshi Tanaka

Por Equipe Editorial - setembro 14, 2012
2660 0
Pinterest LinkedIn

Onde? MIS
Quem é o autor?  Toshi Tanaka
Qual é a peça? Lua Nova
Qual é a performance? Dança
Até quando? Única apresentação dia 15 de setembro

Japonês Toshi Tanaka é o coreógrafo convidado de setembro do projeto Dança no MIS

Artista apresenta a performance Lua Nova dia 15 de setembro, sábado, às 17h30. O evento, gratuito, ainda traz projeções de filmes de vídeo-dança. Dança no MIS tem curadoria de Natalia Mallo e ocorre mensalmente em espaços variados do Museu

A edição de setembro do Dança no MIS acontece no dia 15, sábado, e tem como convidado o coreógrafo japonês Toshi Tanaka. O projeto mensal do Museu da Imagem e do Som, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, traz uma programação gratuita, em que coreógrafos são convidados a escolher uma área do Museu para compor um trabalho site-specific em dança. Antes de cada apresentação, também é exibida uma seleção de filmes de video-dança.

Com este projeto, que tem curadoria de Natalia Mallo, a dança contemporânea ganha um novo espaço na cidade e uma oportunidade valiosa de ampliar seu público e suas possibilidades de pesquisa artística.
Nesta edição, o artista japonês Toshi Tanaka apresenta, às 17h30, a performance Lua Nova, descrita por ele mesmo como “um momento em que a civilização se apaga, respira-se o cosmos e corpo, vida e lua entram em ressonância”.
Antes desta apresentação, serão projetados no Auditório LabMIS os filmes de videodança “Bangalô da Michiko”, de Cynthia Doménico, “Nihon Nikki”, de Rachel Rosalen, “Flux”, de Kika Nicolela e Suzi Okamoto, Corpo Baldio, de Solano Robeiro e Várzea, de Ricardo Iazzetta e Estúdio Bijari.

Programação – Dança no MIS – 15 de setembro

16h30 – Exibição de filmes de video-dança

Nihon Nikki   (Rachel Rosalen, 2004, 17’47”, Tokyo, Japão)
Performance: Yoichiro Ozawa e Rachel Rosalen

Bangalô da Michiko (Cynthia Domenico, 2009, 4’09”)
Interpretação, Figurino e Cenografia: Leticia Sekito

Corpo Baldio (Solano Ribeiro, 1989, 4’22”)
Performance: Patricia Noronha

Flux (Kika Nicolela e Suzi Okamoto, 2005, 11’09”)
Idéia original: Suzi Okamoto
Performer: Leticia Sekito

Várzea  (Ricardo Iazzetta e Estúdio Bijari, 2009, 9’ 30”)
Performers: Aguinaldo Bueno, Deborah Furquin, Eduardo Fukushima, Key Sawao, Lara Pinheiro Dau, Marco Xavier, Nilson Muniz, Osmar Zampieri, Renata Aspesi, Ricardo Iazzetta, Roberto de Alencar, Vanessa Guillen.

17h30 Performance site-specific
Toshi Tanaka nasceu em Tóquio em 1960, onde se formou no Instituto de Pesquisas de Educação Corporal. No Brasil desde 1994, coordena o Jardim dos Ventos, projeto que busca a integração entre arte, vida e natureza. É professor na PUC-SP, com Notório Saber em Performance. Seu trabalho mistura elementos das artes plásticas, rock, improvisação musical, butoh, performance e caligrafia. Em 2004 criou a arte fugaku (fu= vento, gaku=caminho de arte).

Sobre Site-Specific
Os trabalhos artísticos denominados Site-Specific podem ser definidos como aqueles em que a obra é criada para um local específico, cujas características e singularidade detona o processo criativo e resulta num diálogo com diversos aspectos daquele espaço (topografia, arquitetura, iluminação, discurso, aspectos sociais, culturais, ambientais, etc). Esta denominação é muito discutida nos dias de hoje, e a prática já gerou diversos desdobramentos (site-generic, site-generated, entre outros). No projeto Dança no MIS, o artista convidado poderá tanto criar um obra inédita como deslocar uma peça do seu repertório para o Museu, realizando uma releitura da mesma num novo contexto.

Sobre a curadora
Natalia Mallo se formou em música pelo Conservatório Nacional de Bellas Artes, em Buenos Aires e cursou Ciências da Comunicação na UBA (Universidad de Buenos Aires). No Brasil, realizou diversos cursos nas áreas de composição, harmonia, canto, instrumentos, engenharia de som e novas mídias. É performer, cantora, compositora, instrumentista e produtora musical. Tem produzido e lançado discos com diversos projetos (Trash Pour 4, gatoNegro, Sinamantes e trabalho solo), com os quais tem se apresentado em turnês no Brasil, Estados Unidos, Europa e Japão. Simultaneamente participa intensamente em projetos de artes cênicas, sobretudo dança contemporânea, compondo e executando trilhas sonoras originais gravadas e ao-vivo e também dirigindo e colaborando na concepção de espetáculos e performances. Também realiza trilhas sonoras para teatro, cinema, animação e desenho animado; e produz os albuns de outros artistas. Teve suas composições gravadas por diversos artistas e fazendo parte em seriados de TV, filmes e peças de teatro e dança. Atualmente pesquisa a intersecção de linguagens através da concepção de instalações e performances de live art. Também realiza projetos de áudio arte e tem participado em programas internacionais de residência artística.

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários