Mira Schendel na TATE Modern

0
3741

Quem é o artista? Mira Schendel
O que vai ter na exposição? Pinturas
É um bom programa? Sim, é a primeira exposição internacional da artista franco-brasileira.
A galeria é conceituada? O Tate Modern é uma das mais respeitadas galerias de Londres, onde são exibidas grandes exposições.
Quantas obras serão expostas? Cerca de 250 obras.
Até quando? 19 de janeiro de 2014

Mira Schendel (1919-1988) foi uma das mais importantes artistas da América Latina. Com seus contemporâneos Lygia Clark e Hélio Oiticica, Schendel reinventou a linguagem do modernismo europeu no Brasil. Em 2013 o Tate Modern será o palco da primeira exposição internacional, pesquisa de grande escala de seu trabalho e da primeira grande exposição individual de Schendel em mais de 15 anos. Realizado em parceria com a Pinacoteca do Estado de São Paulo, vai reunir mais de 250 pinturas, gravuras e esculturas de toda a sua carreira, incluindo obras que nunca foram expostas antes.

Mais conhecido por suas explorações da linguagem, esta exposição também vai destacar o envolvimento da artista com outros temas filosóficos, incluindo a auto-compreensão, existência, e fé. Tendo experimentado a cultura tanto judaica como católica durante a sua educação, Schendel passou a estudar filosofia em Milanbefore antes de chegar no Brasil. Esta fusão de diferentes culturas e sistemas de pensamento é evidente nas palavras, números, linhas e formas que compõem o seu trabalho, muitas vezes executado com um delicado toque humano que subverte sutilmente arte europeia.

Em São Paulo, Schendel desenvolveu um círculo intelectual extraordinária, que incluiu o psicanalista e poeta Theon Spanudis, o físico teórico e crítico de arte Mário Schenberg, o filósofo Vilém Flusser e Betão e o poeta Haroldo de Campos. A importância dessas relações é fundamental para a compreensão de seu desenvolvimento como artista, e seu lugar-chave nos círculos de emigrados no Brasil que teriam um impacto tão importante no desenvolvimento do pós-guerra da nação. Este meio intelectual também foi a base para inúmeras correspondências com intelectuais na Europa. Assim, a exposição vai colocar a obra de Schendel dentro de um amplo contexto internacional e adicionar uma valiosa análise das principais preocupações de Schendel, bem como o seu desenvolvimento de um processo experimental.

Mira Schendel nasceu Myrrha Dagmar Dub, em Zurique, em 1919. Ela morou em Milão e Roma, antes de se mudar para o Brasil em 1949. Ela se instalou em São Paulo em 1953, onde mais tarde se casou com Knut Schendel e onde ela continuou a viver e trabalhar até sua morte em 1988.

11340392

mandella5_large

portrait

Comente:

Please enter your comment!
Please enter your name here