Entre Homero e Platão, com Agnaldo Farias

Agnaldo Farias discorre sobre o poder da arte. Apesar da sociedade técnica ter a colocado de lado, a arte continua sendo um poderoso campo de experiências fundamental para que os indivíduos lidem com inquietações e perplexidades frente a um mundo em processo, dotado de incertezas.

Agnaldo Farias é crítico de arte e curador, e realiza projetos para o Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo. Foi curador-chefe do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (1998/2000) e diretor de exposições temporárias do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (1990/1993). É mestre em História Social pela Universidade de Campinas – UNICAMP e doutor pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, onde atualmente ensina. É autor de ensaios publicados no Brasil e no exterior e foi o curador chefe conjuntamente com Moacir dos Anjos, da 29 Bienal de São Paulo.

Equipe Editorial2212 Posts

Os artigos assinados pela equipe editorial representam um conjunto de colaboradores que vão desde os editores da revista até os assessores de imprensa que sugeriram as pautas.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password