Uma série para te deixar com medo do futuro

Se você já sonhou em bloquear uma pessoa da sua vida, gravar e apagar suas memórias, ter controle sobre a vida dos outros, então essa série será a melhor coisa que você vai ver, desejando que ela tenha temporadas infinitas!

Black Mirror - White Christimas
Black Mirror – White Christimas

Recentemente assisti todos os episódios de Black Mirror, serie britânica criada por Charlie Brooker, utilizando do humor negro pra debater sobre a forma que as pessoas lidam com tecnologia.

Cada episódio é uma história diferente, com personagens diferentes e cenários diferentes, o que tem em comum é o vicio que as pessoas tem por tecnologia.

Seria o futuro uma viagem psicodélica?

Apesar de ser uma série de ficção cientifica, posso dizer que me deixou mais assustada que um filme de terror, pois é uma coisa que está dentro da nossa realidade. As pessoas respiram tecnologia e por quererem ter mais e mais entretenimento, acabam sendo cruéis. Mas não espere um massacre com armas ou lutas, a coisa toda mexe com o psicológico!

É quase impossível falar de forma geral sobre a série, então escolhi três episódios que mais me chocaram pra dar uma resumida.

15 Million Merits – segundo episódio da primeira temporada

black mirror

A trama se passa num lugar totalmente claustrofóbico, sem qualquer luz natural, onde pessoas pedalam em bicicletas ergométricas para ganhar méritos e poderem trocar por comida e “entretenimento”.

 

black mirror

 

Elas dormem em cubículos onde as paredes são “televisões gigantes”, ali elas conseguem assistir programações restritas. As atividades diárias são constantemente interrompidas por anúncios que não podem ser ignoradas, pois perdem alguns pontos por isso. 

 

black mirrorUm desses programas restritos é um game show onde as pessoas mostram seus talentos para tentarem sair desse mundo analógico, mas nem todas conseguem se sair bem, como foi o caso da protagonista Abi, cujo talento é cantar.

Bing Madsen doa 15 milhões dos seus méritos para ela se apresentar, mas se decepciona com o resultado, o fazendo trabalhar mais para que consiga entrar no game show e se posicionar sobre toda aquela realidade.

 

 Be Right Back – primeiro episódio da segunda temporada

black mirror

O episódio começa com um jovem casal de mudança para uma casa de campo, Ash é viciado em tecnologia e fica atualizando sua rede a cada segundo. Um dia depois da mudança ele sai para trabalhar e é morto. No velório, Martha é informada de um novo aplicativo em que as pessoas ficam em contato com o falecido. De imediato ela não aceita e fica furiosa com tal coisa, mas a pessoa envia a solicitação mesmo assim.

black mirrorMartha recebe um email de Ash, percebe que o programa age da mesma forma que ele. Ao longo dos dias por estar emocionalmente instável, ela começa a conversar com o app como se fosse o verdadeiro Ash. Ela envia todo o banco de dados que tem dele para que o programa se “fortifique” e consiga conversar com ela por mensagens de voz.

screen-shot-2013-11-28-at-23-18-31

 

Ela danifica acidentalmente o celular, ficando desesperada por achar que teria perdido todo o contato com o Ash “virtual”. O programa avisa que tem uma nova etapa do serviço que está em fase experimental, um corpo feito de carne sintética que após ser “fermentado” fica (quase) exatamente igual a pessoa falecida.

 

White Bear – segundo episódio da segunda temporada

black mirror

Esse é na minha opinião, o episódio mais agoniante das três temporadas.

Em um quarto, uma mulher chamada Victoria acorda e percebe que não consegue se lembrar de absolutamente nada do que viveu.

Ela tem flashbacks com a imagem de uma criança que supostamente seja sua filha e um símbolo incomum na tela da televisão, com isso ela sai da casa tentando achar explicações, mas o bairro está deserto e a única coisa que ela vê, são pessoas nas janelas das casas filmando ela com um celular, sem falar ou esboçar qualquer reação.

black mirrorQuando ela começa a gritar por socorro, aparece um homem com uma máscara com o mesmo símbolo que ela vê nos flashbacks, ele está com uma arma e começa a persegui-la.

No caminho ela conhece Jem, ela conta que as pessoas foram tomadas por essa transmissão na tv, que fizeram as pessoas ficarem alienadas e gravando tudo ao redor, por algum motivo elas não foram afetadas por esse sinal.

O final desse episódio é um plot twist de explodir a cabeça e te fazer repensar em como as pessoas consegue passar dos limites da crueldade.

 

Veja também:

7 Filmes comoventes para entender o sentido da vida.

 

 

Raisa Figueiredo25 Posts

Estudou desenho artístico, ama Ilustrações, tatuagens e tudo que é bizarro. Também adora ler, escrever, ufologia, gatos, street art, arquitetura, animação e mais gatos.

3 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password