Arte

Qual foi a inspiração de Picasso?

Por Paulo Varella - abril 12, 2022
105 0
Pinterest LinkedIn

Pablo Picasso, nascido em 1881 em Málaga, Espanha, e falecido em 1973 em Mougins, França, foi um artista ativo durante a maior parte de sua longa vida. Seu pai era um artista, e foi o grande professor de arte de Picasso.

Picasso tem uma das carreiras criativas mais prolíficas da história, e seu trabalho não foi apenas amado pelos amantes da arte em todo o mundo, mas também foi incrivelmente influente para artistas em todos os lugares. Mas qual foi a inspiração de Picasso? O que inspirou essas obras famosas?

Picasso passou por muitas fases criativas em sua carreira. Essas fases foram rotuladas como “períodos” e mostram os diferentes estilos e mídias que ele estava experimentando durante esse período de sua vida.

O “Período Azul” de Picasso começou em 1901 e durou até 1904. Durante esse período, Picasso pintou principalmente em tons frios de azul e verde, às vezes usando uma cor mais quente para acentuar suas obras.

Essas peças têm uma melancolia e são bastante sombrias, apresentando cenas de pobreza e desolação. Qual foi a inspiração de Picasso para começar a pintar dessa maneira?

Picasso, Angel Fernández de Soto e Casagemas
Picasso, Angel Fernández de Soto e Casagemas

Na primavera de 1901, um dos queridos amigos de Picasso, um pintor e poeta chamado Carlos Casagemas, cometeu suicídio em um café em Paris. Picasso foi profundamente afetado por sua morte e afundou em uma depressão que durou vários anos. A jornada de Picasso através de sua dor e depressão é claramente refletida em seu “Período Azul”.

Pablo-Picasso, The-Old-Guitarist-1903–1904-oil-on-panel-122.9-x-82.6-cm-48-38-x-32-12-in.-feat
Pablo-Picasso, The Old Guitarist, 1903–1904 (óleo em painel 122.9 x-82.6 cm)

Em 1904, Picasso mudou-se para Montmartre, em Paris, e se estabeleceu na comunidade de artistas e criadores boêmios de lá.

Saindo de sua depressão pela morte de seu amigo, Picasso passou de temas sombrios e sérios em suas pinturas para composições mais alegres com arlequins, palhaços e artistas de carnaval.

Sua paleta de cores também esquentou, com suas pinturas agora banhadas em vermelhos, laranjas, rosas e tons de terra. Esse período seria conhecido como o “Período Rosa” de Picasso e durou até 1906.

Então, o que pode ser creditado com essa grande mudança em seu trabalho? Picasso conheceu uma mulher chamada Fernande Olivier em 1904 e eles começaram um relacionamento que durou sete anos.

fernande olivier
Fernande Olivier era uma artista e modelo francesa conhecida principalmente por ter sido o modelo do pintor Pablo Picasso e por seus relatos escritos de sua relação com ele. Picasso pintou mais de 60 retratos de Olivier.

Olivier seria a primeira de uma longa lista de mulheres que foram musas e amantes de Picasso ao longo dos anos. Esse relacionamento e o fim de sua depressão sinalizaram uma fase mais positiva da vida de Picasso. O tom geral de seu trabalho durante esse período é muito mais despreocupado e menos sombrio.

Pablo-Picasso-Acrobat-and-young-harlequin
Pablo Picasso, 1905, Acrobate et jeune Arlequin (Acrobat and Young Harlequin), oil on canvas, 191.1 x 108.6 cm, The Barnes Foundation, Philadelphia.

Citar mulheres bonitas como inspiração se tornaria um tema na vida de Picasso, até sua morte. Picasso foi citado dizendo: “Para mim, existem apenas dois tipos de mulheres, deusas e capachos”. Ele muitas vezes ficou obcecado por uma jovem e ela se tornou uma musa artística para ele, inspirando muitas obras. Todas as mulheres que Picasso tomou como esposas ou amantes foram pintadas pelo artista. Sua segunda esposa Jacqueline Roque foi tema de mais de 400 retratos de Picasso e foi uma grande fonte de inspiração para ele.

Picasso-e-Jacqueline-Roque
Jacqueline Picasso ou Jacqueline Roque (24 de fevereiro de 1927 – 15 de outubro de 1986) era mais conhecida como a musa e segunda esposa de Pablo Picasso. Seu casamento durou 11 anos até sua morte, período durante o qual ele criou mais de 400 retratos dela, mais do que qualquer outro amor de Picasso.
Jacqueline avec Fleurs, 1956
Jacqueline avec Fleurs, 1956 Lithograph 29 9/10 × 20 1/10 in 76 × 51 cm

De 1906 a 1909, Picasso foi fortemente inspirado pela arte africana, depois que ele foi exposto a máscaras tradicionais africanas e outros objetos de arte vindos da África em museus franceses em Paris.

mascara africana e picasso
máscara africana e Picasso

Essa fase foi chamada de “Período Africano” e foi precursora de seu período mais famoso, o “Cubismo”.

Influenciados pela experimentação de Paul Cezanne com espaçamento e perspectiva tridimensionais, Picasso e Georges Braque foram pioneiros no movimento artístico conhecido como cubismo.

Paul Cèzanne - The Basket of Apples (A Cesta de Maçãs), c. 1893
Paul Cèzanne – The Basket of Apples (A Cesta de Maçãs), c. 1893 – óleo sobre tela – 65 x 80 cm – Art Institute of Chicago, Chicago, IL, USA

Essa maneira de quebrar uma forma em suas formas mais básicas e reconstruí-las de maneira abstrata é o que Picasso é mais conhecido.

pablo_picasso-girl_with_a_mandolin_portrait_of_fanny_tellier, 1910
Girl with a Mandolin (Retrato de Fanny Tellier) é um óleo cubista sobre tela criado por Pablo Picasso em 1910. Ele está no MOMA, Museu de Arte Moderna de Nova York. A imagem é Espólio de Pablo Picasso/ARS, Nova York, e de domínio público

Então, o que podemos dizer que foi a inspiração de Picasso?

Ao longo de sua vida, a inspiração de Picasso veio de muitas formas diferentes. Seja trabalhando através de suas emoções, respondendo a um evento difícil da vida, conhecendo uma bela jovem, um intenso caso de amor ou o trabalho de seus colegas artistas, Picasso se inspirou em todos os lugares de sua vida.

Por sua vez, o trabalho de sua vida inspirou e influenciou milhões de pessoas em todo o mundo e mudou para sempre a história da arte. Não há como negar o poder da mente criativa de Picasso, e os efeitos de sua experimentação estilística no cubismo moldaram os movimentos artísticos que o seguiram.

Como um artista que viria a influenciar tantos artistas, Picasso é um pilar no mundo da arte moderna com uma vida fascinante e cheia de inspiração.

https://arteref.com/arte-moderna/pablo-picasso-conheca-sua-vida/
Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Tags

Estudou cinema na NFTS (UK), administração na FGV e química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil nos anos seguintes. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo, pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil. Paulo dirigiu 3 galerias de arte e hoje se dedica a ajudar artistas, galeristas e colecionadores a melhorarem o acesso no mercado internacional.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários