Artigos Acadêmicos

Bernini e a arte cenográfica no século XVII

As esculturas de Bernini estão por toda cidade de Roma: no interior dos palácios, das igrejas e dos museus.

Por Fatima Sans Martini - outubro 16, 2019
136 0
Pinterest LinkedIn

Tanto como o Renascimento, o Barroco nasceu na Itália, difundindo-se, inicialmente, por regiões já alcançadas pelo movimento renascentista: Países Baixos, Espanha e França, para depois tornar-se um estilo universalmente conhecido.

Inicialmente sóbrio, dentro do espírito da Contrarreforma, o Barroco entregou-se na segunda metade do século XVII a uma grande liberdade de imaginação.

A função da arte no século XVII é de converter e aumentar o número de fiéis católicos romanos. As igrejas se tornam imponentes e douradas, as esculturas são executadas para serem vistas de baixo, as histórias mitológicas, o horror e a ternura, o espaço ilusório e as diagonais, as figuras realistas e a luz misteriosa fazem parte do mesmo projeto. As esculturas barrocas misturam misticismo, heroísmo e erotismo nas formas côncavas e convexas. 

A arte suprema da decoração cenográfica se desenvolveu com Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680). “O artista italiano, que tinha um interesse apaixonado pelo teatro, atingiu o máximo das suas possibilidades quando conseguiu fundir a arquitetura, a escultura e a pintura” (JANSON, 1992, p. 513)

Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) e Pietro Bernini (1562–1629) Bacanal: Um Fauno provocado por crianças, 1616-17. Escultura em mármore, 132.4×73.7×47.9. The Metropolitan Museum of Art, Nova York, EUA.
Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) e Pietro Bernini (1562–1629) Bacanal: Um Fauno provocado por crianças, 1616-17. Escultura em mármore, 132.4×73.7×47.9. The Metropolitan Museum of Art, Nova York, EUA.

A obra, Bacanal: Um Fauno provocado por crianças, foi executada com a parceria de Pietro Bernini (1562-1629) e seu filho, o jovem Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) então com dezoito para dezenove anos.  

Nascido em Nápoles, Lorenzo Bernini foi morar em Roma com a família, a partir de 1606. As primeiras obras executadas com o pai logo chamaram atenção do já conhecido Annibale CARRACCI1 (1560-1609) que o levou para trabalhar sob as ordens do Papa Paulo V2.

No Vaticano, as obras helenísticas serviram de modelo para suas obras, que o transformaram em um dos maiores artistas do Barroco, distinguindo-se na arquitetura e escultura.

A Basílica de São Pedro ocupou, de acordo com Janson (1992), a maior parte da longa carreira artística de Bernini, levando-o a realizar o Baldaquino de bronze, o Trono de São Pedro3 e o projeto urbanístico e arquitetônico, representado entre outras obras, pela colunata formada por quatro fileiras de colunas dóricas que circunda a praça elíptica na frente da Basílica de São Pedro, no Vaticano.

As esculturas de Bernini estão por toda cidade de Roma: no interior dos palácios, das igrejas e dos museus. E podem ser apreciadas, igualmente, nas mais belas praças e nas pontes.

Entre 1621 e 1625, Lorenzo Bernini produziu duas das mais belas esculturas barrocas para a família Borghese: O Rapto de Prosérpina4 e Apolo e Dafne5.

A obra em tamanho natural, O Rapto de Prosérpina, executada por Bernini aos 23 anos foi patrocinada pelo cardeal Scipione Borghese (1576-1633), mecenas de Bernini e outros artistas do período. A cena de Prosérpina sendo levada por Plutão6 é dramática e explosiva e se identifica com o Barroco na emoção violenta e torções dos corpos.

Por sua vez, a composição escultural de Apolo e Dafne representa o justo momento em que a bela jovem se transforma em loureiro para fugir dos braços apaixonados de Apolo.

O Êxtase de Santa Tereza, 1647-1652. Cappella Cornaro, chiesa carmelitana di Santa Maria della Vittoria, em Roma.

Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) O Êxtase de Santa Tereza, 1647-1652. Cappella Cornaro, chiesa carmelitana di Santa Maria della Vittoria, em Roma.
Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) O Êxtase de Santa Tereza, 1647-1652. Cappella Cornaro, chiesa carmelitana di Santa Maria della Vittoria, em Roma.

Uma das obras mais emblemáticas do Barroco é O Êxtase de Santa Tereza, escultura produzida por volta de 1647 a 1652, colocada na Cappella Cornaro, à esquerda do altar, no interior da chiesa carmelitana di Santa Maria della Vittoria, em Roma.

Nas laterais da capela atrás dos balcões, cardeais venezianos da família Cornaro assistem ao êxtase de Santa Teresa.

A escultura foi baseada em um episódio relatado por Santa Teresa de Ávila. Na autobiografia, ela conta que viu um anjo atravessando seu coração com uma lança dourada, fato que lhe causou alegria e intensa dor.

Teresa em transe envolta em roupa esvoaçante é representada muito além dos limites clássicos. De acordo com Gombrich (2000), Bernini rejeitou deliberadamente todas as limitações, proporcionando uma emoção até então nunca usada por outros artistas.

Segundo Montanari (2019) a capela é “um palco repleto de atores, petrificados no ápice da ação dramática”

é impossível não pensar no primeiro palco sobre o qual subiram Bernini e os seus ajudantes. Conta-se que ao estar lá em cima, um jovem sempre acompanhava Bernini porque ele tendia a divagar, correndo o risco de despencar lá de cima. Para aqueles que tentavam chamá-lo de volta à realidade, ele respondia: “Deixem-me em paz, estou apaixonado”. Quase quatrocentos anos depois, essa paixão ainda torna ardente o ar da Capela Cornaro. (MONTANARI, 2019. Tradução nossa7)
Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) Fontana del Tritoni, 1643. Mármore travertino. Piazza Barberini, Roma, Itália.
Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) Fontana del Tritoni, 1643. Mármore travertino. Piazza Barberini, Roma, Itália.

Em 1630, Bernini começou a trabalhar no Palazzo Barberini8 com o arquiteto Francesco BORROMINI (1599-1667) com quem disputou os melhores trabalhos.

Próximo do Palazzo Barberini, Gian Lorenzo realizou uma de suas primeiras fontes encomendada pelo Papa Urbano VIII9: a Fonte do Tritão, no centro da Piazza Barberini.

Quatro grandes peixes suportam a imensa concha com o deus marinho.

Fontana dei Quattro Fiumi. Piazza Navona, Roma, Itália.

Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) Fontana dei Quattro Fiumi. Piazza Navona, Roma, Itália.
Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) Fontana dei Quattro Fiumi. Piazza Navona, Roma, Itália.

Bernini também está presente na Piazza Navona, uma das mais bonitas e famosas praças de Roma.

Em 1576, o grande escultor barroco finalizou a Fontana del Moro, iniciada por Giacomo DELLA PORTA10 (ca. 1537- 1602) na qual golfinhos e deuses marinhos circundam um mouro, no centro de uma bacia em mármore rosa.

A Fontana dei Quattro Fiumi, de Bernini, encontra-se no centro da praça.A África é representada pelo rio Nilo, a Ásia, pelo rio Ganges, a Europa pelo Danúbio e as Américas pelo Rio da Prata.

Os quatro rios são representados por figuras humanas apoiadas nas rochas, no centro de uma bacia d’água onde circulam animais marinhos. Do interior da formação rochosa surge em disparada um cavalo selvagem.

Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) Cópias do projeto do artista. São dez esculturas representando anjos nas laterais da Ponte Sant'Angelo, em Roma, próximo ao Vaticano.
Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) Cópias do projeto do artista. São dez esculturas representando anjos nas laterais da Ponte Sant’Angelo, em Roma, próximo ao Vaticano.

Bernini foi contratado aos 69 anos pelo Papa Clemente IX (1600-1669) para decorar a Ponte Sant’Angelo durante sua restauração. Segundo a exigência papal, o projeto deveria mostrar detalhes da Via Dolorosa durante a Paixão de Cristo.

Bernini concebeu os querubins envoltos em mantas esvoaçantes e grandes asas abertas. Cada um deles, segurando um objeto que lembrasse as Estações da Via Crucis.

Espalhados pelas laterais da ponte, um anjo segura a lança, outro a cruz, outro os pregos da cruz, e assim por diante.

Após servir a oito papas e trabalhar por mais de sessenta anos na cidade romana, um dos últimos gênios nascido na Itália, o insuperável Gian Lorenzo BERNINI morreu próximo de completar 82 anos.


Veja também



Referências

CAPPELLA CORNARO. Roma, Itália. Disponível em: http://www.3d-virtualmuseum.it/opere/lazio-roma-cappella-cornaro Acesso em: 12 set. 2019.

GALLERIA BORGHESE. Roma, Itália. Disponível em: http://www.galleriaborghese.beniculturali.it/it Acesso em: 10 set. 2019.

GOMBRICH, E. H. A História da Arte. Tradução Álvaro Cabral. Rio de Janeiro: LTC, 2000. 714 p.

JANSON H. W. História da Arte. Tradução J.A. Ferreira de Almeida; Maria Manuela Rocheta Santos. 5. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1992. 823 p.

MONTANARI, Tomaso.Le magie di un illusionista: i segreti della Cappella Cornaro. Disponível em:http://www.minimaetmoralia.it/wp/27348/Acesso em: 10 set. 2019.

THE METROPOLITAN MUSEUM OF ART, Nova York, EUA. Disponível em: https://www.metmuseum.org/art/collection/search/206399 Acesso em 08 set. 2019.


1 Annibale CARRACCI (1560-1609) e seu irmão Agostino (1557-1602), estão entre os primeiros pintores do século XVII a combater a exagerada tendência Maneirista em voga, visando um classicismo deliberado, um novo realismo inspirado em grande parte na escultura greco-romana agregada aos ideais do corpo humano.

2 Membro da família Borguese, Camillo Borghese (1550-1621) foi consagrado papa de 1605 até sua morte em 1621. Durante seu papado, Paulo V apoiou diferentes artistas e promoveu a construção de diversos monumentos na cidade de Roma.

3 Realizado entre 1657 e 1666, o Trono de São Pedro, conhecido também como Cátedra de São Pedro, localizado na Abside da Basílica de São Pedro, no Vaticano, recebeu bronze dourado, mármore e estuque, numa revoada de anjos dourados. O Baldaquino de bronze, por sua vez recebeu quatro colunas salomônicas sustentando a plataforma superior entre anjos e volutas.

4 Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) O Rapto de Prosérpina, 1621-1622. Escultura em Mármore. 255 cm de altura. Galleria Borghese, Roma, Itália.

5 Gian Lorenzo BERNINI (1598-1680) Apolo e Dafne, 1622-1625. Escultura em Mármore. 243 cm de altura. Galleria Borghese, Roma, Itália. Saiba mais sobre a história de Apolo e Dafne em Artigos Acadêmicos: Apolo Apaixonado, postado na ArteRef em 08 ago. 2019. Disponível em: https://arteref.com/artigos-academicos/apolo-apaixonado-historias-com-dafne-e-jacinto/ Acesso em 10 set. 2019.

6 Chamados consecutivamente de Perséfone e Hades pelos gregos. Hades recebeu o mundo subterrâneo de Zeus, seu irmão.

7 Una volta sui ponteggi è impossibile non pensare al primissimo palco, quello su cui salirono Bernini e i suoi. Le biografie antiche dicono che quando Gian Lorenzo era lassù, bisognava sempre tenergli vicino un garzone: perché tendeva a estraniarsi, tutto preso dall’arte, e rischiava di cader di sotto. A chi cercava di richiamarlo alla realtà, rispondeva: «lasciatemi stare, ché sono innamorato». Quasi quattrocento anni dopo, quell’amore rende ancora rovente l’aria della Cappella Cornaro. (MONTANARI.Le magie di un illusionista: i segreti della Cappella Cornaro. Disponível em: http://www.minimaetmoralia.it/wp/27348/Acesso em: 10 set. 2019)

8 Antiga vinha dos Sforza, o Palazzo Barberini foi construído no início do século XVII. Projeto de Carlo MADERNO (1656-1629) acompanhado por Francesco BORROMINI (1599-1667). Finalizada por BERNINI. O Palazzo abriga a Galleria Nazionale di Arte Antica e está situado na Via delle Quatro Fontane, próximo a Piazza Barberini. Um dos tetos apresenta o afrescoIl Trionfo della Divina Providenza e exaltação da Família Barberini, executado pelo artista Barroco, Pietro da CORTONA (1596-1669) entre 1632 e 1639.

9 Membro da família Barberini de Florença, Maffeo Barberini (1568-1644) foi consagrado papa Urbano VIII em 1623. Durante seu longo pontificado, Bernini foi responsável por diferentes obras na cidade romana.

10 Giacomo DELLA PORTA, (ca. 1537- 1602) arquiteto e escultor italiano cujo trabalho representa o desenvolvimento do Maneirismo tardio para o início do barroco. Principal arquiteto romano durante o último terço do século XVI, contribuindo para a maioria dos grandes projetos arquitetônicos realizados em Roma durante esse período. A Praça Navona em Roma conta com duas de suas esculturas: Fontana di Netuno, construída em 1557 e Fontana del Moro, de 1576, finalizada por Bernini.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de