Escultura francesa: Classicismo Barroco e Mitologia

Por Fatima Sans Martini - fevereiro 21, 2020
45 0
Pinterest LinkedIn
Jean CORNU (1650-1710) Vênus dando armas a Enéias, 1704.

A corte francesa de Luís XIV recebeu inúmeras esculturas para enfeitar seus palácios e jardins. Entre bustos e modelos executados pelos mais brilhantes artistas do Classicismo Barroco francês, o período tardio do reinado testemunhou uma verdadeira explosão de personagens e grupos esculturais dedicados à releitura das mais diversas histórias mitológicas greco-romanas. A maioria dos escultores […]

Escultura francesa no século XVII

Por Fatima Sans Martini - fevereiro 13, 2020
47 0
Pinterest LinkedIn
Michel ANGUIER (1612-1686) Portão de Saint-Denis1, 1672/4. Projeto arquitetônico de François Blondel. Travessia do Reno e Captura da cidade de Maastricht. Frontispícios: Lado Sul e Norte, 10º arrondissement Paris, França.

A escultura barroca acompanha os ideais estilísticos da corte francesa. Numerosas e imensas estátuas equestres de reis foram produzidas, assim como bustos e personagens mitológicos foram representados ao longo do século XVII, principalmente para enfeitar palácios e jardins. Artistas oriundos da Académie royale de peinture et de sculpture, fundada em 1648, e controlada por Jean-Baptiste […]

Claude Lorrain e o Classicismo Barroco

Por Fatima Sans Martini - fevereiro 3, 2020
56 1
Pinterest LinkedIn
Claude LORRAIN (ca. 1600/5-1682) Vista de La Crescenza[1], 1648-1650. Óleo sobre tela, 38,7x58,1. The Metropolitan Museum of Art, Nova York, EUA. Disponível em: https://www.metmuseum.org/art/collection/search/435909 Acesso em 20 jan. 2020.

Claude Lorrain (ca. 1600/5-1682) viveu quase toda a vida ao redor da Campagna, na região do Lácio, em torno de Roma, cuja beleza pastoral inspirava os artistas paisagistas. Tal como Nicolas POUSSIN (1594-1665) que usou a literatura, para criar de forma metódica e racional paisagens idealizadas dentro do que se determinou como Classicismo barroco, Lorrain […]

Cenas de gênero na Holanda do século de ouro

Por Fatima Sans Martini - janeiro 27, 2020
63 0
Pinterest LinkedIn
Johannes VERMEER (1632-1675) DETALHE: A Leiteira, ca. 1660. Óleo sobre tela, 45.5x41. Rijksmuseum, Amsterdam, Holanda. Disponível em: http://hdl.handle.net/10934/RM0001.COLLECT.6417 Acesso em 07 out. 2019.

O estilo Barroco na Holanda do século de ouro1 desenvolveu-se ligado à classe média trabalhadora e religiosa, no entanto, desvinculada da igreja católica e da arte produzida na Itália. As histórias ligadas à bíblia ocuparam um lugar muito reduzido ao lado de temas, como: cenas de gênero, retratos, paisagens, naturezas-mortas, interiores e vistas arquiteturais. Enquanto […]

Classicismo Barroco na França

Por Fatima Sans Martini - janeiro 20, 2020
85 0
Pinterest LinkedIn
Classicismo Barroco

A partir do século XVII a França ampliou seus domínios e conquistou enorme projeção2. Coroado em 1654, Luís XIV (1638-1715) tornou-se um dos maiores líderes da história3, encarnando o símbolo do absolutismo. Luís XIV deu à França o máximo de esplendor e projeção, merecendo o título de “rei-Sol”, com uma corte das mais brilhantes e […]

Barroco na Espanha

Por Fatima Sans Martini - janeiro 9, 2020
70 0
Pinterest LinkedIn
Bartolomé Esteban Perez MURILLO (1618-1682) DETALHE: Anunciação da virgem, 1660-1680. Óleo sobre tela, 98x100. Rijksmuseum, Amsterdam, Holanda. Disponível em: http://hdl.handle.net/10934/RM0001.COLLECT.4672 Acesso em 07 out. 2019.

A expansão da arte protestante forçou a igreja a utilizar a arte produzida sob o Estado católico como divulgação de sua doutrina. A maioria dos artistas espanhóis sob o regime da Contrarreforma1 produziram, assim, uma arte voltada para a corte religiosa. Na Espanha a pintura Barroca apresenta grande emoção, drama, composição teatral, uso de claros […]

Naturezas-mortas no século de ouro holandês

Por Fatima Sans Martini - dezembro 20, 2019
87 1
Pinterest LinkedIn
an Davidsz. DE HEEM (1606-1684) DETALHE: Festão de Frutas e Flores, 1660-1670. Óleo sobre tela, 74x60. Rijksmuseum, Amsterdam, Holanda. Disponível em: http://hdl.handle.net/10934/RM0001.COLLECT.6677 Acesso em: 16 nov. 2019.

O período grandioso e produtivo da arte holandesa, conhecido por Século de Ouro dos Países Baixos ocorreu por volta de 1584 a 1702, no qual a região se tornou uma das mais ricas do mundo, com o florescimento do comércio, da ciência e principalmente, da cultura, que patrocinada por ricos comerciantes passou por extremo desenvolvimento, […]

Pintores de paisagens na Holanda do século XVII

Por Fatima Sans Martini - dezembro 13, 2019
99 0
Pinterest LinkedIn
Jan Dirksz BOTH1 (ca.1610/1618-1652) DETALHE: Paisagem italiana com balsa, ca. 1652. Óleo sobre tela, 76x91. Rijksmuseum, Amsterdam, Holanda. Disponível em: http://hdl.handle.net/10934/RM0001.COLLECT.6197 Acesso em: 07 out. 2019.

A arte Barroca na Holanda2 protestante, se deu de forma diversa da arte católica e preferiu assuntos ligados ao seu dia a dia, distanciando-se da apreciação de temas religiosos. De acordo com Gombrich (2000) a Holanda do século XVII representa o espelho da natureza. Os quadros eram comprados para enfeitar as residências da população que […]

O barroco na Holanda protestante

Por Fatima Sans Martini - dezembro 6, 2019
145 0
Pinterest LinkedIn
Rembrandt - Barroco na Holanda

Assim como os artistas da Flandres católica foram influenciados pela pintura italiana, a Holanda1 predominantemente protestante também seguiu os mesmos passos, inspirando-se nas obras barrocas produzidas na virada do século XVII, com composições em que as formas abertas e fechadas se destacam frente aos contrastes de sombra e luz. De acordo com Gombrich (2000) os […]

Van Dyck: o artista da aristocracia barroca

Por Fatima Sans Martini - dezembro 2, 2019
143 0
Pinterest LinkedIn
Antoon VAN DYCK (1599-1641) DETALHE: Rainha Henrietta Maria da Inglaterra, s/d. Óleo sobre tela, 119 x 98. Bayerische Staatsgemäldesammlungen - Alte Pinakothek, Munique, Alemanha. Disponível em: https://www.sammlung.pinakothek.de/en/bookmark/artwork/5RGQeJapGz Acesso em 02 nov. 2019.

Vinte e dois anos mais novo que RUBENS1, independente e criativo, Antoon van Dyck, conhecido também por Sir Anthony VAN DYCK (1599-1641) já estava registrado por volta de 1618, como pintor de retratos, na Guilda de Saint Luke2, na Antuérpia. “Anthony van Dyck foi essa raridade entre pintores, um menino-prodígio. Antes dos vinte anos”, já […]