Cinema

Cinema versus streaming

Entenda como as bilheterias dos cinemas crescem apesar do avanço das plataformas de streaming

Por Equipe Editorial - setembro 5, 2019
54 0
Pinterest LinkedIn

Vamos falar neste texto sobre cinema versus streaming; e como as bilheterias com filmes americanos continuam faturando alto, apesar do crescimento do Youtube, Netflix, HBO, etc.

Na comodidade do controle remoto de sua TV, ou do toque no seu celular, ou click no laptop, quanto tempo faz que você não vai assistir a um filme em físico numa sala de cinema? Tem diminuído sua frequência em ir ao cinema?

Muito investimento em marketing, em superproduções com muito efeito especial, agilidade na distribuição e a maior sofisticação na qualidade técnica da imagem e som e conforto nas salas de cinema, têm dado conta da missão de manter ou até superar a bilheteria de anos anteriores.

Lista das maiores bilheterias de todos os tempos.

Entre as 30 maiores bilheterias de todos os tempos, 18 são produções feitas nos últimos cinco anos, e 4 são deste ano, 2019.

Não é apenas o faturamento atingido pelas maiores bilheterias que vem se mantendo, mas também o faturamento total das bilheterias ano a ano, e o número de pessoas, pois, o preço dos ingressos têm se mantido estável.


O sucesso das franquias

cinema versus streaming

Nos últimos anos as franquias de super-heróis têm sido o grande filão, mas isso não foi diferente de décadas passadas, quando, por exemplo, os filmes da franquia “Guerra nas Estrelas”, constavam na lista das 10 maiores bilheterias de todos os tempos.

Sem dúvida o investimento em franquias tem sido uma estratégia de sucesso, não é a toa que a Disney pagou para a Lucas Film do criador da saga, George Lucas, mais de US$ 4 bilhões pela franquia “Guerra nas Estelas”, e vem faturando alto com ela (praticamente já faturaram o que pagaram com os três primeiros filmes lançados).

A estratégia da Disney foi se aprofundar e diversificar focando em vários personagens da saga criando filmes sobre eles, e assim, em vez de lançar um filme da saga a cada 3 ou 4 anos, passou a lançar filmes da franquia “Guerra nas Estrelas” todos os anos.


Mas as coisas mudaram

O faturamento da indústria do cinema americano continua alto, mas a diversificação da faixa etária do público e temas diminuiu.

Em resumo, os filmes com temática mais sofisticada e para adultos diminuiu bastante no telão do cinema. Agora eles são mais direcionados para as plataformas de streaming, como Netflix e HBO. Inclusive, a produção de séries sob essa temática mais sofisticada também aumentou.

Grandes corporações como Disney, Amazon e Apel também direcionam grandes investimentos em serviços de streaming.

cinema versus streaming
Plataformas de streaming

Nunca se filmou e produziu tanto

As plataformas digitais e o barateamento da produção de filmes graças à tecnologia digital fez a produção de filmes dispararem não somente nos EUA como por todo o mundo.

Ninguém mais tem a desculpa de não ter dinheiro para filmar a sua ideia e, por exemplo, pelo menos disponibilizá-la no Youtube.


Texto: Flavio Sylos | Cinéfilo, Economista e Publicitário | flaarte@yahoo.com.br

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de