Entrevista com Léo Shehtman na Casa Cor 2016

1
6360

Arte democrática na arquitetura

Um trem abandonado foi transformado por Leo Shehtman em um lounge sofisticado para a Casa Cor 2016. Minimalista e funcional, o ambiente foi ressignificado pelo arquiteto com inspiração no movimento Art Déco. Shehtman contou para o Art Talk que usa a Bauhaus como uma fonte de inspiração não só como desenho, mas também como filosofia. “Acho que a Bauhaus é uma inspiração eterna, foi uma época de tanto talento, tanta inovação, inovação essa que eu acho que na época era tão absurdo, tão ousado, uma ousadia que até os dias de hoje se mantém intacta”.

Ao destacar o grafite no vagão de seu projeto, feito pelo grupo Volume, Shehtman lembra que a arte está em todos os lugares. “Hoje a arte está sendo tão valorizada que a gente consegue no lugar que passamos até o lugar que a gente convive, como na casa da gente onde colecionamos e temos a arte que mais nos agrada”.

Veja também:

Entrevista com David Bastos na Casa Cor 2016

Comente:

Please enter your comment!
Please enter your name here