Foucault contra si mesmo !

0
3414

Michel Foucault (Poitiers, 15 de outubro de 1926 — Paris, 25 de junho de 1984) foi um filósofo, historiador das ideias, teórico social, filólogo e crítico literário. Suas teorias abordam a relação entre poder e conhecimento e como eles são usados ​​como uma forma de controle social por meio de instituições sociais. Embora muitas vezes seja citado como um pós-estruturalista e pós-modernista, Foucault acabou rejeitando esses rótulos, preferindo classificar seu pensamento como uma história crítica da modernidade. Seu pensamento foi muito influente tanto para grupos acadêmicos, quanto para ativistas.

 

O documentário ( Foucault contra si mesmo) é uma provocativa coleção de ensaios e entrevistas, onde críticos e filósofos contemporâneos reclassificam o legado de Foucault num esforço de construir novas maneiras de pensar sobre a sua luta contra os mecanismos de dominação da sociedade, demonstrando como os conflitos interiores residiam no coração das obras e da vida do filósofo. Michel Foucault é um bom exemplo de um intelectual insatisfeito com as conclusões a que chegou. Sua trajetória do início ao fim foi bem clara, mas foi um caminho que regularmente se dobrava sobre si mesmo, corrigindo rumos e tomando novas direções à medida que a busca por uma contínua transformação o compelia. Se atentarmos para seu precedente, talvez evitemos cair num abismo cego e oco em que a intelectualidade conformista sempre cai

Artigo anteriorComo você pode entender o que é o feminismo?
Próximo artigoAs incríveis estações de metrô do período soviético
Avatar
Estudou cinema na NTFS (UK), Administração na FGV e Química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil nos anos seguintes. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo e pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil. Paulo dirigiu 3 galerias de arte e hoje se dedica em ajudar artistas, galeristas e colecionadores a terem um aspecto mais profissional dentro do mercado de arte internacional.

Comente:

Please enter your comment!
Please enter your name here