Veja o documentário “My name is now, Elza Soares”

0
743

O documentário “MY NAME IS NOW, ELZA SOARES”, de Elizabete Martins Campos, estreia no dia 01 de novembro.

O filme entra em cartaz no circuito nacional através do projeto Circulabit – Circuito Laboratorial de Produção e Difusão do Audiovisual em multiplataformas, com os eixos LabiT- Incubadora de Criações, Prêmio Circulabit, Circuito Salas de Cinema, Laboratório de Acessibilidade, Exibição ao Ar Livre e Circuito Brasil – Exibições Gratuitas. A edição tem início em outubro deste ano e vai  até abril de 2019, com programação no Brasil e em Portugal, em diferentes formatos, plataformas e parcerias.

Em São Paulo, o filme entra em cartaz nas salas:

Espaço Itaú de Cinema Augusta, Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca, Cinearte Petrobras,  Reserva Cultural

Sinopse:

Elza Soares chega em casa, em Copacabana, e cara a cara, diante do espelho, nos desafia, numa saga, que ultrapassa o tempo, explosões, pedreiras, lama, preconceitos, perseguições, perdas. Mas, ela é dura na queda: num rito, nua e crua, ao mesmo tempo frágil e forte, real e sobrenatural, como uma fênix transcende em música e canta gloriosa.Este não é um filme sobre a carreira da cantora, mas sim um filme que ela está vivendo.


LINK TRAILER:

 

 

CIRCULABIT – Movimento abre espaço para o audiovisual independente no Brasil

2ª edição do evento contará com o lançamento nacional do filme “My name is Now, Elza Soares”, além de premiações para produções independentes, exibições e rodas de conversas

Para potencializar as produções audiovisuais independentes no Brasil, entra em cena o Circulabit – Circuito Laboratorial de Produção e Difusão do Audiovisual em multiplataformas, com os eixos LabiT- Incubadora de Criações, Prêmio Circulabit, Circuito Salas de Cinema, Laboratório de Acessibilidade, Exibição ao Ar Livre e Circuito Brasil – Exibições Gratuitas. A edição tem início em outubro deste ano e vai  até abril de 2019, com programação no Brasil e em Portugal, em diferentes formatos, plataformas e parcerias.

LABiT – INCUBADORA DE CRIAÇÕES é um braço de fomento e promoção do CIRCULABIT, ele abriga novos projetos em desenvolvimento e ações como o LABIT – CONECTA que promove encontros com alunos, professores das universidades de cinema, profissionais e pessoas interessadas pelo audiovisual.

Em 29 de outubro, será realizado no Cine Belas Artes, Belo Horizonte,  o LabIT- Laboratório de Criações com apresentação de projetos em desenvolvimento incubados, como a série infantil “Bucala, a pequena princesa do Quilombo do Cabula”,  a ficção “Baile da Saudade” e a série livre, “Caminhos Musicais”. O evento reúne atividades de formação sobre a cadeia de produção e distribuição do audiovisual.

Já o PRÊMIO CIRCULABIT, outro braço do projeto, promove interação entre realizadores e internautas. Para participar, os interessados devem se inscrever e/ou curtir os curtas de até 27 minutos de duração no formulário disponível no site do projeto. O público é quem escolhe os 3 (três) primeiros lugares, curtindo o link do mesmo. As votações se encerram no dia 23 de outubro e o resultado será divulgado dia 24 de outubro nas redes sociais do Circulabit. Os três primeiros colocados serão exibidos na abertura do documentário “My name is now” nas sessões de pré-estreia em Belo Horizonte (29) e São Paulo (30) de outubro e no Circuito Brasil – Exibições Gratuitas.

CIRCUITO SALAS DE CINEMA busca novos parceiros para lançamento e distribuição de obras independentes em salas de cinema. A iniciativa tem como foco realizadores e produtores que procuram parcerias para difundirem seus trabalhos já concluídos ou em fase de finalização.

Em 2018, a partir de 01 de novembro, o Circulabit lança  o Circuito Salas de Cinema – Nacional e Internacional com o longa-metragem, “My Name is Now, Elza Soares”, entrando em cartaz nas capitais Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Distrito Federal (DF), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS) e na cidade de Porto, em Portugal, em dezembro.

Como forma de promover experimentações, pesquisas e debates sobre acessibilidade no audiovisual brasileiro, no dia 13 de novembro, 2018, entre 15h e 19h horas, acontece o LA-ACESSIBILIDADE – LABORATÓRIO DE ACESSIBILIDADE, no Cine Santa Tereza, em Belo Horizonte, com rodas de conversa sobre o tema. A programação traz uma sessão especial do longa “My Name is Now, Elza Soares”, com ferramentas de acessibilidade, que recebeu em 2018, no projeto.

O projeto CIRCULABIT promove atividades de engajamentos para alcançar o público, dentro do eixo acessibilidade, realizando exibições gratuitas em parceria com cineclubes, universidades e entidades do terceiro setor.

Em 2017, a iT Filmes realizou o CIRICULABIT como piloto, exibindo em parceria com o Morhan e o apoio do Cinema Santa Tereza, de Belo Horizonte, uma sessão especial do curta-metragem documentário “Filhos Separados pela Injustiça”, com sessão voltada para os personagens tendo como foco temático: acessibilidade-, impacto além da tela.

O Circulabit é realizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Estado de Minas Gerais e é patrocinado pela SADA TRANSPORTES.

Veja a programação completa no site circulabit.com.br 

Artigo anteriorVeja “O Imortal” no Sesc Paulista
Próximo artigoQuem estava na abertura de “Enquanto me Envolver”
Avatar
Estudou cinema na NTFS (UK), Administração na FGV e Química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil nos anos seguintes. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo e pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil. Paulo dirigiu 3 galerias de arte e hoje se dedica em ajudar artistas, galeristas e colecionadores a terem um aspecto mais profissional dentro do mercado de arte internacional.

Comente:

Please enter your comment!
Please enter your name here