Fotografia

Los Angeles e Las Vegas

Por Paulo Varella - agosto 4, 2012
2192 0
Pinterest LinkedIn

Quem é o artista? Gal Oppido
O que vai ter na exposição? Fotografias de 2009 e 2011 de Las Vegas e Los Angeles
Quantas obras serão expostas? 22 fotos
Até quando? 30 de agosto

Glamour e drama em séries fotográficas: Los Angeles e Las Vegas

A galeria LUME Photos abre a exposição Los Angeles e Las Vegas, as cidades ilusionistas, de Gal Oppido, com 22 fotografias das duas cidades, que povoam o imaginário popular e carregam em si um misto de ficção e realidade, que se confundem e se complementam.

Com curadoria de Paulo Kassab Jr., a mostra exibe uma série de registros que Gal fez nos anos de 2009 e 2011, com um mesmo conceito, focado no espaço lúdico urbano das célebres cidades norte-americanas: Los Angeles, composta de várias cidades dentro de uma única, e Las Vegas, uma única cidade que apresenta vários cenários. “É um confronto entre o cotidiano e o lúdico”, como afirma o próprio artista. Além dessas fotografias, a exposição traz ainda desenhos produzidos por Gal nessas viagens, como uma espécie de diário de bordo gráfico, um hábito que cultiva há anos.

Para essas séries, Gal Oppido partiu de uma visão bastante ampla e registrou imagens da arquitetura e de paisagens, com e sem presença humana. As fotografias de Los Angeles e Las Vegas, as cidades ilusionistas retratam o que essas cidades possuem de mais intenso: “Glamour e drama, cinema e telejornal, sonho e vida real”, analisa Paulo Kassab Jr.

Tendo nascido em São Paulo, e não nas cidades que escolheu como cenário para esses trabalhos, Gal nos mostra uma visão global de representação da vida, que, a seus olhos tornou-se vital nos Estados Unidos. “Eu nasci em São Paulo, que é uma cidade composta por várias cidades em uma só, assim como Los Angeles, por exemplo. Mas São Paulo se constrói a partir de uma lógica de produção e o lado funcional de Los Angeles e de Las Vegas é ligado à ilusão”, explica.

Essa irrealidade apontada por Gal – da opulenta produção cinematográfica à ilusão da sorte no jogo – conecta-se diretamente com a própria técnica utilizada por ele, visto que, com a fotografia, capta-se uma realidade, que, uma vez congelada a partir de ângulos, focos e iluminações arbitrárias, determinados pelo artista, é transmutada em ficção. Dessa maneira, os paralelos e intersecções entre real e irreal, do conceito da mostra e da fotografia em si, fundem-se num metaconceito.

Curadoria Paulo Kassab Jr. | Coordenação Felipe Hegg

Abertura 06 de Agosto de 2012, segunda-feira, às 19h30

Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Artigo anterior
Próximo artigo

Estudou cinema na NFTS (UK), administração na FGV e química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil nos anos seguintes. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo, pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil. Paulo dirigiu 3 galerias de arte e hoje se dedica a ajudar artistas, galeristas e colecionadores a melhorarem o acesso no mercado internacional.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários