Colagem

Os 7 melhores artistas de fotomontagem!

Por Luiza Testa - maio 6, 2016
15547 0
Pinterest LinkedIn
Filhotes de Grete Stern e Man Ray Quem acha que fotomontagem é coisa de modernista está muito enganado. É verdade que este tipo de colagem apareceu com muita força no início do século XX, especialmente entre surrealistas e dadaístas, animados com a ideia de criar realidades paralelas a partir da justaposição de imagens, e muitas vezes de forma minuciosa. Mas a chegada do século XXI com seu arsenal tecnológico não desanimou os novos artistas. Muito pelo contrário, câmeras poderosas e programas de edição de imagem incentivam este tipo de trabalho, fazendo também a alegria dos usuários de internet, que adoram a confusão muitas vezes causada pelas fotomontagens. Confira aqui 7 artistas atuais que usam a fotomontagem em seus trabalhos:
stephen_mcmennamy
Stephen McMennamy – winter + summer (EUA)
Seu projeto “combophotos” faz sucesso no Instagram. McMennamy cria objetos a partir de outros dois elementos existentes e o resultado é, muitas vezes, cômico.
tyler_spangler
Tyler Spangler (EUA)
Tyler Sprangler se denomina um “maximalista”, amante de todas as cores e um “dadaísta nu-age”. Estas parecem ser boas definições para um artista que usa uma linguagem muito atual, extremamente colorida e digital.
juliana_manara
Juliana Manara – Hands up 2 (Brasil)
A partir de imagens que fotografa pelo mundo ou em estúdio, a brasileira Juliana Manara cria um universo muito particular. Muitas de suas obras mostram de forma sutil seu engajamento em questões socioculturais e do meio-ambiente.
joe_webb
Joe Webb – Carbon footprint (Reino Unido)
A técnica de Joe Webb se aproxima da colagem dos modernistas: suas criações partem de imagens de revistas antigas. As semelhanças acabam aí, porque seu tema mais recorrente é a relação problemática entre o ser-humano e o meio-ambiente.
Thomas-Barbey
Thomas Barbèy – Inner Beauty (Suíça)
Este artista trabalha apenas com imagens em preto-e-branco e tem um gosto particular por justapor duas imagens que tenham sido feitas com vinte ou mais anos de diferença e utilizando a câmara escura para realizar a montagem – ou seja: nada de Photoshop. O resultado é bastante surreal.  
Inappropriate Business Offer
Eugenia Loli – Inappropriate Business Offer (Grécia)
Eugenia Loli apresenta em seu site uma narrativa para cada série de fotocolagens que cria, deixando claro que a obra extrapola a cena mostrada – algumas obras chegam a lembrar composições de Dalí.
vincent_bourilhon.2
Vincent Bourilhon – What time is it? (FRANÇA)
Este jovem artista francês amante do cinema utiliza imagens retocadas digitalmente para criar um universo imaginário e onírico.   Veja também
Conheça o fantástico mundo de Vincent Bourilhon
   

Comentários

Please enter your comment!
Please enter your name here