Galerias e Eventos

Laboratório Siameses estreia segundo espetáculo de Corpos Octópodes

O novo capítulo da trilogia traz uma reflexão sobre a cultura e seu papel na vida das pessoas.

Por Equipe Editorial - dezembro 2, 2021
205 0
Pinterest LinkedIn

O Laboratório Siameses apresenta, no próximo fim de semana, o espetáculo “Moscas de Fogo” , no Teatro Cacilda Becker. Esse é o segundo capítulo da trilogia “Corpos Octópodes”, que estreou no fim de novembro, e é contemplado pela 29ª edição do Programa Municipal de Fomento à Dança para a cidade de São Paulo, e que sucede o solo de dança “Da Natureza da Besta”.

A obra é dirigida por Maurício de Oliveira, em conjunto com os artistas Gabriel Tolgyese, Grazielly Perdiz, Gustavo Cabral, Jonatan Vasconcelos, Maria Basulto, Rebeca Tadiello e Ricardo Ura, com a direção musical de Rodrigo Florentino, em parceria com Edézio Aragão, design de figurino de Adriana Hitomi e criação de luz de Paulinho Fluxusz.

“Moscas de Fogo” é uma homenagem ao fazer artístico, e a todos que estão envolvidos nesse meio. Durante o espetáculo, a dimensão do palco e do backstage se misturam, dando

foco a todos os processos que constituem uma peça. O intuito é mostrar que a arte vai além do que geralmente é visto em cena.

O trabalho surgiu a partir do texto “O Artigo dos Vagalumes”, de Pier Paolo Pasolini. O texto compara o vagalume (ou moscas-de-fogo) aos artistas que, em tempos sombrios, são a fonte de luz e esperança. A analogia pode até ser feita com a pandemia, e ao fato de que a cultura e os artistas ajudaram as pessoas, mesmo que indiretamente, a seguirem neste período tão difícil.

Sobre o trabalho em conjunto de todos os artistas da peça, Maurício de Oliveira ressalta que “a experiência de trabalhar com esses artistas da dança, nesses últimos meses, foi arrebatadora. Fui recrutado a trabalhar num ambiente completamente diferente dos que tenho conhecimento, dado a abertura e envolvimento de cada um deles no decorrer do processo”. O artista afirma ainda que “eles me despertaram de um lugar de desalento – quando não conseguimos manter uma relação dinâmica de troca artística, acabamos por nos exaurir de tudo. Esses artistas me lançaram num território criativo que não vivia há muito tempo, de muito diálogo, curiosidade e de pesquisa profunda sobre tudo o que era trazido”.

“Me sinto, com essa experiência, de fato, transformado e bastante otimista em relação a essa geração de pessoas realmente interessadas no construir artístico. Muito orgulho dessa geração que desponta”, finaliza Maurício.


Serviço

Moscas de Fogo

Teatro Cacilda Becker

  • Rua Tito, 295 – Lapa
  • 03/12 e 04/12 – 21h
  • 05/12 – 19h
  • Gratuito

Obs: É necessário apresentar o comprovante de vacinação para entrar nos teatros


Reserva de Ingressos

A reserva de um par de ingressos pode ser feita através do e-mail [email protected]. Envie seu nome completo e CPF e aguarde confirmação da nossa equipe. No dia da sessão basta chegar com 30 minutos de antecedência para retirar os ingressos. A tolerância máxima é de 15 minutos antes das sessões.


Ficha Técnica

Idealização: Tono Guimarães e Maurício de Oliveira Criação e Direção: Maurício de Oliveira

Direção de Produção: Fernando Araujo

Intérpretes/Criadores: Gabriel Tolgyese, Grazielly Perdiz, Jonatan Vasconcelos, Maria Basulto, Rebeca Tadiello, Gustavo Cabral e Ricardo Uras

Texto: Gabriel Tolgyese e Maurício de Oliveira Projeto de Luz: Paulo Fluxus

Design de Figurino: Adriana Hitomi

Direção Musical/Trilha sonora: Rodrigo Florentino e Edézio Aragão

Músicas: A Mulher Barbada (Adriana Calcanhoto), Vida de Bailarina (Américo Seixas / Dorival Silva), O Palhaço do Circo Sem Futuro (Lira Paes ”Lirinha”/Clayton Barros)

Foto: Arthur Wolkovier

Identidade Visual: Alessandro Romio Preparação Física: Grazielly Perdiz

Social Midia: Priscila Pereira

Designer de Mídia: Guilherme Romaniche

Assessoria de Imprensa: VIRA Comunicação Administração: Alessandra Herszkowicz Contabilidade: Recserv Assessoria

Espaço de ensaio: Oficina de Atores Nilton Travesso Gestão de Recursos: Giz Cultural

Realização: Laboratório Siameses

Agradecimento: Luluh Pavarin, Léo Vaz, Pablo Figueiroa e Oficina de Atores Nilton Travesso; Júlio Dória, Nilton Bicudo, Patrícia Borges Mesquita e as equipes dos Teatros Alfredo Mesquita e Cacilda Becker.


Redes Sociais

Instagram

Youtube


Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?

Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários