Gente de Arte

Galeristas de Berlim querem vencer a crise trabalhando juntas

Por Paulo Varella - agosto 30, 2017
1150 0
Pinterest LinkedIn
Pouco antes da Berlin Art Week, as jovens galerias de Berlim apresentarão o primeiro evento colaborativo não comercial da cidade. Ao longo dos últimos 10 anos, uma nova geração de galerias se estabeleceu em Berlim, com base nas conquistas de um grupo antigo de merchants que colocaram a cidade no mapa internacional do mundo da arte. Ao contrário de seus antecessores, esta nova geração procura fortalecer e re-energizar um padrão já reconhecido, em meio às dificuldades que afetam galerias de tamanho médio em todo o mundo. A estratégia é a mesma que a das galerias em Londres, Nova York e Alemanha: colaboração. Em setembro, cinco nomes proeminentes desta nova safra de falerista estão hospedando o primeiro evento colaborativo não comercial da cidade junto com 20 galerias da cidade. Com o nome de Good to talk, as galerias Eigen + Art Lab, Thomas Fischer, Klemm, Daniel Marzona e Tanja Wagner apresentarão uma maratona de programas de 46 horas, incluindo painéis, performances, shows, exibições de filmes e conjuntos de DJ. Ao invés de se concentrar na presença de galerias específicas, como é feito durante outros eventos colaborativos, como o Berlin Gallery Weekend ou o Okey Dokey, os organizadores da Good to Talk desenvolveram um extenso programa que visa atrair uma audiência de pessoas de fora do mundo da arte. “Berlim está mudando tanto no momento com a cena das start ups, novas economias e novas empresas chegando”, Anne Schwanz, co-diretora do Eigen + Art Lab,  “Todo mundo sempre disse que Berlim é apenas a cidade de produção, que não há mercado aqui, não há dinheiro, mas agora as coisas estão mudando”, acrescenta Sebastian Klemm, co-fundador e co-diretor da Klemm’s. Vale a pensa pensarmos se não está na hora de unirmos as galerias para a promoção da arte e fomentar a cultura dentro de grupos ainda não consumidores. A lista completa de galerias participantes inclui: Alexander Levy Daniel Marzona Dittrich & Schlechtriem EIGEN+ART Lab EXILE Galerie Crone Galerie Klaus Gerrit Friese Galerie Tanja Wagner Galerie Thomas Fischer Helga Maria Klosterfelde Katharina Maria Raab KM KOW Klemm’s König Galerie KWADRAT Leslie NOME SCHWARZ CONTEMPORARY SEXAUER   Fonte: artnet, goodtotalk.de
Avatar

Estudou cinema na NTFS (UK), Administração na FGV e Química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil nos anos seguintes. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo e pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil. Paulo dirigiu 3 galerias de arte e hoje se dedica a ajudar artistas, galeristas e colecionadores a melhorarem o acesso no mercado de arte internacional.

Comentários

Please enter your comment!
Please enter your name here