mercado

Artistas deveriam deixar galerias usarem o mailing deles?

Tome cuidado com estratégias que visam o beneficio a curto prazo. Elas podem destruir a sua carreira.

Por Paulo Varella - novembro 10, 2019
786 0
Pinterest LinkedIn

Você acha que o seu mailing é sagrado? Correto. Mas também é sagrado o seu relacionamento com o seu galerista.

A Pergunta

Eu tenho uma apresentação individual chegando. É a minha primeira vez com esta galeria e o dono está recomendando que eu entregue a ele o meu mailing para que eles possam convidar todos que conheço para o evento.

Por que eu deveria revelar os nomes dos meus colecionadores e permitir que a galeria lhes venda obras de arte que eu mesmo posso facilmente vender?

Para piorar, eles levam 50%.

Eu não deveria manter minha lista de emails em segredo e deixar que os colecionadores da galeria comprem minha arte? Não é assim que isso deveria funcionar?

Eu posso pegar qualquer arte que acabe não vendendo, oferecê-la aos meus colecionadores mais tarde com um desconto e ainda fazer mais do que eu poderia ter feito vendendo-a através da galeria.


A resposta

Essa preocupação comum dos artistas é resultante de uma forma fechada de ver as coisas.

Com certeza você pode ganhar mais dinheiro ao longo dos próximos meses não dando a sua lista e oferecendo arte não vendida a seus colecionadores com um desconto.

Entretanto, cada exposição feita por uma galeria representa uma oportunidade para você avançar significativamente em sua carreira; não apenas em termos de publicidade e experiência, mas também como resultado da “exposição contínua” que você terá durante a apresentação – a situação ideal para novas pessoas descubram (e comprem) a sua arte.

“Você precisa fazer tudo o que puder para aproveitar os holofotes, inclusive fazendo um esforço de boa fé para maximizar as vendas. “

Manter seu mailing para você pode ser benéfico a curto prazo, mas torna-se contraproducente para seu sucesso geral.

Mailing
cortesia NYT magazine

Os artistas tendem a pensar que simplesmente conseguir uma exposição na galeria é suficiente, mas não é. É apenas o começo.


Mailing: Trabalhe para o futuro

Se, por outro lado, você tiver uma exposição de sucesso numa galeria – o que significa que você vendeu uma porcentagem significativa de sua arte – não somente essa galeria consideraria dar-lhe outra exposição (ou talvez até representá-lo), mas também outras galerias o notarão, assim como os colecionadores interessados em seu tipo de arte.

O fato de você ser capaz de vender em uma galeria, especialmente em uma respeitada, é exatamente o tipo de boa notícia que qualquer um seguindo você ou sua arte gostaria de ouvir.

Mailing:gallery Opening
gallery-Opening

Então, você não apenas deve dar à galeria sua lista de e-mails e permissão para convidar todos os seus colecionadores para sua exposição, mas também deve incentivá-los a comprar arte da galeria durante o evento.

Quando uma galeria vende, a maior parte ou toda a arte de um artista, a notícia se espalha. As pessoas que não estão familiarizadas com o artista – incluindo colecionadores, críticos, curadores, blogueiros e outros com perfis na comunidade artística – podem parar para ver o que é essa “novidade”.

É assim que a reputação do artista passa a ser construída. Quanto mais arte a galeria vende, melhor para todos – artista, galeria e seus colecionadores.

Mailing: art gallery

Os artistas podem vender arte em seus estúdios o tempo todo. Mas, o que realmente conta no mundo da arte (supondo que você esteja interessado em ter representação em galerias) é o quão bem sua arte é vendida em galerias, não quão bem você pode vendê-la pessoalmente.

Mesmo que você ganhe menos dinheiro se comprarem através da galeria e não diretamente de você, você será conhecido como um artista que pode vender em galerias. Isso é maior que qualquer solavanco temporário mantendo seus colecionadores em segredo e vendendo diretamente para eles posteriormente.

Além do que falamos anteriormente, receber atualizações periódicas das carreiras dos artistas é mais impactante quando vêm diretamente das galerias.

Infelizmente, os artistas às vezes veem suas relações com as galerias como antagônicas. Na realidade, o relacionamento entre os dois é exatamente o oposto; é inteiramente cooperativo.

A galeria quer melhorar progressivamente sua reputação de produzir exposições de sucesso. Os artistas querem melhorar progressivamente sua reputação por terem exposições de sucesso.

As galerias podem fazer coisas pela sua reputação que você simplesmente não pode fazer por si mesmo e, por essa razão, é importante cooperar ao máximo com todas que você esteja envolvido.

Quanto a ideias como:

  • Oferecer a arte não vendida a seus colecionadores com um preço menor após a exposição
  • Usar a exposição da galeria para aumentar as vendas do seu estúdio
  • Se aproveitar da galeria para vender sua arte diretamente aos colecionadores durante sua exposição por um preço menor do que eles teriam que pagar na galeria

Estas são estratégias totalmente autodestrutivas e podem colocar uma séria quebra na trajetória de sua carreira. Isso pode fazer a galeria fechar eventualmente. Se isso acontecer, onde você vai expor? De onde sairá o prestígio de ser representado por uma galeria? Portanto, esqueça essas ideias.

Trabalhe com as galerias e faça o que tiver que fazer para tornar as exposições do evento bem-sucedidas.


Veja também:

Avatar

Estudou cinema na NFTS (UK), administração na FGV e química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil nos anos seguintes. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo, pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil. Paulo dirigiu 3 galerias de arte e hoje se dedica a ajudar artistas, galeristas e colecionadores a melhorarem o acesso no mercado internacional.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de