mercado

Declaração do artista: importância e como fazer

Entenda como funciona esse documento e tudo que é necessário para fazê-lo.

Por Equipe Editorial - janeiro 18, 2021
125 0
Pinterest LinkedIn

O que é uma declaração do artista?

A declaração do artista é um documento que consiste numa breve descrição das obras de arte de um determinado artista.

Pense nele como um “substituto” do artista para quando ele não estiver presente para responder perguntas relacionadas à sua arte. Ele guia o espectador durante a experiência com o trabalho.


Lembre-se que toda a arte carrega elementos de subjetividade; cada pessoa olha uma obra de uma forma. Às vezes isso pode ser um problema, afinal, podem interpretar sua mensagem de maneira bastante diferente do seu propósito inicial.

Ainda é importante salientar que o público, cada vez mais, se preocupa com a narrativa e com o artista que está por trás da obra. Informações como estas enriquecem tanto o trabalho quanto a imagem do artista como um profissional.

Créditos: Igor Miske
Créditos: Igor Miske

Veja 4 dicas importantes que todo artista iniciante deve saber

É nesse sentido que você pode usar esse documento a seu favor.

Abaixo separamos um passo a passo de como escrever uma declaração.


Como escrever uma declaração do artista?

1. Faça perguntas a si mesmo

  • “O que estou tentando expressar com meu trabalho?”
  • “O que influencia / motiva minha arte?”
  • “Como meus métodos (técnicas, estilo, materiais) se relacionam com o conteúdo de minhas obras?”
  • “Qual é meu público e como pretendo atingi-lo?”

Primeiro você precisa ter uma visão geral do seu trabalho; sem isso, o público pode deixar escapar temas abrangentes que se conectam às suas obras. Depois, descreva cada obra.


2. Escreva na primeira pessoa e com voz ativa

A declaração é sobre VOCÊ. Não escreva “o artista”, como num texto curatorial.

O texto precisa vir de você, ser singular e refletir apenas seu trabalho.

A voz ativa mantém seu trabalho no presente. Isso é muito importante para que as pessoas vejam sua arte como algo sempre atual.

Via Shutterstock; Declaração do artista

3. Seja objetivo

O texto deve ser claro e direto ao ponto, ficando entre 100 e 300 palavras.

Não use afirmações do tipo: “Espero …”; “Eu vou …” ou “Estou tentando …”. Diga apenas o que você faz.

Lembre-se de que a declaração serve apenas como guia para situar o público, não confundi-lo com termos vagos.


4. Use uma formatação simples

Layouts e fontes extravagantes desviam a atenção do que realmente é importante: a informação sobre seu trabalho.

É ela quem precisa de destaque, não o design.

Não se esqueça de que existem pessoas com dificuldade em enxergar de perto, portanto, fontes muito pequenas podem atrapalhar a experiência.

Via Freepik; declaração do artista
Via Freepik

5. Seja honesto

Nunca minta sobre o que você quer transmitir com sua arte.

Todo trabalho possui um nicho. Nem todos vão apreciar suas ideias, isso é normal.

O importante é passar uma mensagem genuína para o público que compactua com sua arte.


6. Crie diferentes versões para diferentes contextos

A declaração do artista é uma carta de apresentação ao mundo da arte. Dessa forma, você precisa “modificar” seu documento de acordo com quem irá lê-lo.

Isso significa que dependendo do contexto você precisará deixá-la mais curta ou mais longa; mais formal ou menos formal e até mesmo enfatizar diferentes aspectos do seu trabalho.

Conforme veremos a seguir, são diversas as situações em que você precisará apresentar sua declaração.


7. Peça um feedback antes de publicar

Certifique-se de que pelo menos 3 pessoas (amigos, professores, etc.) ouviram sua declaração.

Pronunciar em voz alta permite que você identifique eventuais erros e valie o texto de forma mais objetiva.

Feedback

Por quê é importante?

Você pode precisar encaminhar sua declaração do artista nas seguintes situações:

  • Para o proprietário de uma galeria ou curador que precisa de detalhes sobre o seu trabalho.
  • Para uma competição.
  • Ao se candidatar para bolsas e financiamentos.
  • Ao se candidatar a um cargo de professor.
  • Como uma introdução ao seu processo criativo para compradores em potencial.

Além de todos os tópicos mencionados, escrever esse documento é uma ótima maneira de esclarecer suas próprias ideias sobre seu trabalho.

Instaarts

Conclusão

Fazer uma declaração do artista leva tempo, é trabalhoso. Entretanto, é extremamente importante para uma carreira de artista.

Num momento de uso intenso de redes sociais e possibilidades de exposição, ter um texto que faça suas obras serem melhor compreendidas pelo público é essencial.

Lembre-se também de que se trata de um documento muito versátil, que pode ser usado em diversos contextos.

Sempre se pergunte: o texto é preciso? É descritivo? É atraente? Sou eu? Essa afirmação poderia ser facilmente aplicada ao trabalho de outra pessoa? São esses detalhes que te destacam nesse imenso mar do mercado de arte.

Por fim, uma declaração do artista está intimamente ligada com um site pessoal. Ambos são imprescindíveis no ganho de credibilidade e legitimidade.


Fizemos um vídeo sobre declaração do artista


Veja também


Não foi possível salvar sua inscrição. Por favor, tente novamente.
Sua inscrição foi bem sucedida.

Você quer receber informações sobre cultura, eventos e mercado de arte?


Selecione abaixo o perfil que você mais se identifica 

(Atenção: Os e-mails podem ir para sua caixa de promoções)


Fontes

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários