mercado

Personal Branding: 10 regras essenciais para você ter sucesso nas artes

Por Paulo Varella - julho 29, 2020
359 0
Pinterest LinkedIn

Criar sua marca pessoal ou Personal Branding pode parecer uma tarefa complexa e assustadora. Uma das maneiras mais fáceis de se perder no processo é não saber por onde começar.

A maioria dos artistas começou fazendo várias mudanças de estilo antes de definir uma voz definida na marca pessoal que eles têm hoje.

Tanto no ambiente dos relacionamentos quanto no mercado de trabalho, é útil e necessário você se destacar e ser percebido pelos seus pares. Seja ao se candidatar a um emprego, apresentar um projeto ou ao iniciar a sua própria carreira, solo.

Um personal branding é importante para (quase) todo mundo. Então, aqui estão 10 regras de ouro para você criar a sua marca pessoal de forma envolvente e única.


1. Tenha um foco

Muitas pessoas não têm foco. Elas tentam “ser um pouco de tudo para todos”. Decida qual é a sua mensagem principal e siga esse caminho.

Manter a mensagem focada para seu público-alvo facilitará muito a criação de conteúdo em torno da sua marca pessoal e a imagem que as outras pessoas têm de você.

Por mais estranho que isto possa ser, as pessoas quando nos conhecem, procuram rapidamente nos definir. Isto é um comportamento que provavelmente vem do tempo das cavernas, quando precisávamos saber quem amar e com quem lutar. Então, ajude as pessoas a te entenderem melhor.

“Crie um nicho e depois crie um nicho dentro do seu nicho. As melhores marcas pessoais são muito específicas. ”

Mantenha sua mensagem e conteúdo consistentes com um tópico de nicho para que as pessoas tenham você em mente quando pensarem no assunto específico.

Quanto mais estreita e mais focada for sua marca, mais fácil será para as pessoas lembrem quem você é. Quando chegar a hora de contratar um palestrante ou um artista, sua marca será o que eles lembram.

Personal Branding: Ai Weiwei
Ai Weiwei

2. Seja genuíno

Existe uma maneira fácil de ter a sua marca pessoal original: seja genuíno, autêntico, original.

É importante falar que atualmente, mais do que nunca as pessoas conseguem perceber quando uma pessoa ou a marca possuem um discurso falso, copiado. Quanto mais descaradamente a marca imita, mais o público percebe e a repudia. O personal branding só começa a ter crescimento depois que o público passa a se identificar com ele.

Uma pergunta que você pode estar se fazendo é: Como posso desenvolver um estilo que seja aceito pelo público?

Você não desenvolve seu estilo para agradar um público, você desenvolve o seu estilo e o público se identifica com você. Acredite, sempre existirá um público para você, portanto, seja claro na sua mensagem.

“Seja genuíno. Isso tornará muito mais fácil gerenciar sua marca pessoal diariamente”.

Sua marca pessoal deve ser um filtro diário fácil com o qual você cria conteúdo e alcança seu público-alvo. Seja um mestre do seu ofício, antes de iniciar sua marca pessoal. Então, seu conteúdo ajudará a divulgar quem você é.

Se você não se sente confiante para definir no que é bom, você não é o único. A síndrome do impostor é um dos fenômenos mais comuns entre todos que decidem tomar a frente nas suas carreiras.

Minha sugestão? Siga em frente e vá corrigindo os erros durante o percurso. O fato é que você nunca estará 100% preparado para nada em sua vida.


3. Conte uma história

Se sua marca pessoal não conta uma história, você já perdeu metade do seu público em potencial.

A estratégia de personal branding mais eficaz hoje em dia é criar uma narrativa verdadeira – monólogos podem ser bem desagradáveis em filmes e ainda mais chatos para sua marca pessoal. Em poucas palavras, personal branding não deve ser um discurso narcisista sobre como você é fantástico.

Seus fans querem se identificar com o seu discurso e serem os próprios protagonistas das suas vidas. Eles não precisam de mais um protagonista, eles precisam de um guia. Seja este guia.

Ninguém quer ouvir você gritar sobre sua marca no vasto universo da mídia social, então crie uma história em torno de sua marca com a qual seu público possa se envolver.

Se reúna e converse regularmente com seu público, desenvolvendo a sua marca pessoal.

Uma das maneiras mais pessoais de se comunicar online é com vídeo. Basta usar o smartphone para enviar mensagens de vídeo para seus seguidores, fazer uma conexão pessoal com possíveis clientes e colegas de trabalho. Afinal, você sempre tem seu celular com você.

Caso video não seja a sua praia e a sua timidez é extrema, ainda existem formas de interação com todos, como textos e imagens.

Personal Branding Jeff-Koons
Jeff Koons

4. Seja consistente

Ser consistente é como ter um foco. É muito mais fácil ser reconhecido por um tópico se você criar conteúdo consistentemente e tiver uma voz forte em torno da sua marca.

Você precisa demonstrar consistência na comunicação e na aparência. Não subestime como pequenas inconsistências podem prejudicar a eficácia da marca pessoal.

Ao criar a sua marca, ela pode ser divertida, selvagem, um pouco conservadora e corporativa. O importante é que a consistência seja fundamental. Algo único que as pessoas podem associar à sua marca e saber quem é você.

Personal branding: Simone de bauvoir
Simone de Bauvoir

5. Esteja pronto para falhar

O fracasso é difícil de ser aceito e todos nós geralmente queremos evitá-lo – essa é a natureza humana. No entanto, para ter sua marca pessoal que se eleva acima do resto, você fatalmente vai passar por algumas falhas no processo.

Walt Disney falou disso com frequência quando relembrava as suas primeiras tentativas fracassadas de criar sua marca de animação.

“Acho importante ter uma falha grave quando você é jovem. Aprendi muito com isso. Porque você fica ciente do que pode lhe acontecer. Nada é mais assustador do que nunca ter tendado”.

Você nunca alcançará o melhor resultado até que falhe algumas vezes enquanto ultrapassa sua zona de conforto. As melhores marcas sempre vêm de repetidas tentativas e erros, e não da perfeição instantânea.

Beatriz Milhazes
Beatriz Milhazes

6. Crie um impacto positivo

Depois de desenvolver sua marca pessoal ao longo de um tempo, geralmente há duas maneiras de continuar construindo sua marca: pular algumas etapas e pegar atalhos ou crescer constantemente uma comunidade em torno de sua marca.

Você é a sua marca, não importa qual seja o seu trabalho atual, em qual projeto você está trabalhando.

Lembre-se sempre do impacto que você deixa nos outros e lembre-se de que tudo o que temos é a nossa própria reputação e essa é a nossa marca; portanto, seja incrível com os outros!

Manter uma atitude positiva e apoiar os outros só ajudará a crescer sua marca de maneira saudável a longo prazo.

Personal branding: Frida-Kahlo
Frida Kahlo

7. Siga um exemplo de sucesso

As pessoas interessadas em personal branding precisam começar a se apresentar como as celebridades e pessoas influentes que são admiradas todos os dias.

Para crescer rápido é sempre importante observar quem está a sua volta e está fazendo sucesso.

O crescimento rápido geralmente vem do estudo de tendências e indivíduos populares em diferentes plataformas de mídia social. Utilizar estes métodos dentro do seu universo e adicionar um toque pessoal.

A dissecação criativa da análise social e o estabelecimento da próxima grande tendência também podem estar ao seu alcance, se você prestar atenção em todas as plataformas de mídia social e não se concentrar apenas em uma delas.

Personal Branding: andy-warhol
Andy Warhol

8. Viva sua marca

Como mencionado anteriormente, uma das maneiras pelas quais você pode dificultar a construção de uma marca pessoal é separar sua marca da sua vida pessoal.

Sua marca pessoal deve segui-lo onde quer que você vá. Ela precisa ser uma manifestação autêntica de quem você é e ampliar o que você acredita.

Com isso em mente, sua marca pessoal não é apenas um reflexo de uma série de funções profissionais, como marketing ou finanças, mas também ideais como retribuição e liderança dentro do seu dia-a-dia.

Tarsila do Amaral
Tarsila do Amaral

9. Deixe que outras pessoas contem sua história

As melhores relações públicas são de boca em boca. Criar sua marca pessoal na esfera pública não é uma exceção a esta regra.

A marca pessoal é a história que as pessoas contam sobre você quando você não está na sala.

Tudo o que você tem em sua vida é o seu nome e a reputação que ganha.

Personal Branding: Klimt
Gustav Klimt

10. Deixe um legado

Depois de criar sua marca pessoal com reputação, o próximo passo é pensar no legado que você deixará para trás. Quais são as palavras-chave e ações pelas quais você deseja ser conhecido?

Sua marca pessoal é um projeto ao longo da vida que constantemente evolui e muda. Mesmo os especialistas que constroem ou aprimoram as maiores marcas do negócio sabem que não existem regras rígidas para criar seu personal branding. Essas diretrizes gerais ajudam a fornecer os primeiros passos, especialmente se você está iniciando uma nova marca ou renomeando.

Criar a marca pessoal certa não apenas ajudará você a ser conhecido em sua área, mas também pode ser a diferença entre “Quem é você mesmo?” e “Muito obrigado por estar aqui” em sua carreira.

Se você acredita que ter um personal branding é fundamental para a sua carreira e não sabe por onde começar, talvez eu possa te ajudar. Entre em contato comigo pelo e-mail: [email protected]. Nós do arteref temos um programa de coaching dedicado para artistas que querem desenvolver a sua visibilidade e branding no universo das artes. https://arteref.com/coaching/

Avatar

Estudou cinema na NFTS (UK), administração na FGV e química na USP. Trabalhou com fotografia, cinema autoral e publicitário em Londres nos anos 90 e no Brasil nos anos seguintes. Sua formação lhe conferiu entre muitas qualidades, uma expertise em estética da imagem, habilidade na administração de conteúdo, pessoas e conhecimento profundo sobre materiais. Por muito tempo Paulo participou do cenário da produção artística em Londres, Paris e Hamburgo de onde veio a inspiração para iniciar o Arteref no Brasil. Paulo dirigiu 3 galerias de arte e hoje se dedica a ajudar artistas, galeristas e colecionadores a melhorarem o acesso no mercado internacional.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários