Movimentos

A vanguarda russa

Entenda o contexto, as correntes artísticas e os principais representantes dessa revolução estética e cultural.

Por Equipe Editorial - maio 13, 2020
4164 0
Pinterest LinkedIn

A Vanguarda Russa foi um movimento artístico e cultural que surgiu num período que marcou o colapso da monarquia Czarista e a ascensão da União Soviética, de 1890 a 1930.


História da Vanguarda Russa

A Primeira Guerra Mundial e a Revolução Bolchevique de 1917 foram os grandes catalisadores das mudanças que ocorreram nos movimentos artísticos russos. Nesse contexto, tivemos a união entre vanguardistas e movimentos de intelectuais e populares contra o regime czarista.

Pensamentos modernistas e as ideias sociais foram levados à prática em meio à revolução. A arte foi colocada como uma questão política e serviu como meio de comunicação essencial para a concretização dos ideais socialistas.

“A vanguarda russa foi profundamente caracterizada pela busca por estruturas básicas de organização visual, pela reinvenção da narrativa e das relações entre espaço e o tempo” (BORTULUCCE 2008, p. 72).

Sob esse contexto, tivemos o nascimento de movimentos como o suprematismo russo e o construtivismo. Estes marcaram a formação da Vanguarda Russa, liderada por Wassily Kandinsky e Kazimir Malevich.

Wassily Kandinsky
Wassily Kandinsky
Kazimir Malevich
Kazimir Malevich

Suprematismo e a abstração

O suprematismo estava centrado em formas geométricas, como o quadrado e o círculo. É tido como a primeira escola de pintura abstrata do movimento moderno.

Ele rompe com a ideia de imitação da natureza, com qualquer representação do mundo objetivo.

Vanguarda Russa; Kazimir Malevich. Quadro Negro sobre fundo Branco (1915) | Galeria Tretiakov, Moscou
Kazimir Malevich. Quadro Negro sobre fundo Branco (1915) | Galeria Tretiakov, Moscou

O livro de Kandinsky, “Do Espiritual na Arte (1912)”, discute longamente sua busca intelectual para desenvolver um estilo de pintura puramente abstrato. Ele compara sua busca à música instrumental, que expressa emoções, estados mentais, sentimentos e pensamentos abstratos sem linguagem representativa.

Como Malevich, Kandinsky foi um revolucionário apenas sugerindo que os humanos poderiam alcançar algo mais profundo e mais importante através da criatividade, individualidade e liberdade de pensamento.

Vanguarda Russa; Wassily Kandinsky. Composição VIII (1923) | Museu Solomon R. Guggenheim
Wassily Kandinsky. Composição VIII (1923) | Museu Solomon R. Guggenheim

Construtivismo

Ao mesmo tempo em que Malevich e Kandinsky exploravam os significados e universalidades mais profundos disponíveis na abstração, outros membros da Vanguarda Russa (Varvara Stepanova, Vladimir Tatlin, Gustav Klutsis e Mikhailovich Rodchenko) exploravam um tipo de arte abstrata oposta.

Conhecido como construtivismo, esse estilo era baseado na mesma linguagem abstrata geométrica que Malevich usava, mas possuía um objetivo bastante diferente: ser útil. A Arte deveria ter uma função social, cumprir um papel prático na vida das pessoas, construir uma nova realidade.

Não é atoa que essa arte foi muito usada na propaganda soviética. As formas geométricas e as letras em bloco eram elementos importantes em muitos pôsteres do governo.


As influências da Vanguarda Russa e o regime de Stálin

O movimento também abrangeu muitas formas de arte fora do campo da pintura. Novas ideias e temas surgiram no cinema, com cineastas como Sergei Eisenstein e na arquitetura, com Ilya Golosov. Projetos arquitetônicos, como o Palácio dos Sovietes, eram uma personificação desse estilo clássico no pós-construtivismo.

No início da década de 1930, as ordens do Estado soviético determinavam o fim das vanguardas e o Realismo Soviético como padrão estético. Seus princípios básicos eram:

  • Arte proletária, relevante e compreensível para os trabalhadores;
  • típica, composta por cenas de gênero cotidianas;
  • realista, no sentido tradicional, representacional;
  • partidária, de apoio ao Estado e ao partido oficial
Gelly Mikhailovich. Raising the banner (1957)
Gelly Mikhailovich. Raising the banner (1957)

Felizmente, as ideias e influências da Vanguarda Russa sobreviveram em outros lugares, influenciando os movimentos de arte moderna que viriam em sequência e inspirando artistas contemporâneos.


Você quer receber e-books, informações sobre cursos, palestras e mercado de arte?


Veja também


Fontes

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários