Performance

I Eat You Eat Me

Por Equipe Editorial - outubro 16, 2013
1753 0
Pinterest LinkedIn

Desde 1930, vários artistas usam o simples ato de compartilhar comida e bebida para alcançar objetivos estéticos e promover engajamento crítico com a cultura de seu momento. Estas refeições artísticas podem oferecer uma forma hospitalidade que resignificam a experiência cotidiana de alimentar-se, utilizando a refeição como um meio para mudar percepções e despertar encontros que nem sempre são possíveis em uma sociedade dinâmica e segmentada.

A exposição Feist: Radical Hospitality in Contemporary Art, que ficou em cartaz de fevereiro a junho de 2012 no SMART Museum of Art University of Chicago, colocou este assunto a tona e resolveu examinar esta prática, através dos trabalhos e performances de mais de trinta artistas e grupos de artistas, que transformaram a refeição compartilhada em um meio artístico convincente.  A exposição examinou a história da refeição artística, avaliando as suas raízes na arte europeia avant-garde do início do século XX, o seu desenvolvimento nas últimas décadas dentro da arte ocidental, e sua atual onipresença global.

Esta é mais uma performance que fez parte desta exposição em 2012. I Eat You Eat Me é uma performance realizada por Mella Jaarsma, que aconteceu pela primeira vez no restaurante Eat Me em Bangkok, Thailândia em 2002. A proposta é criar um ambiente íntimo de troca no momento da refeição. Em duplas, as pessoas sentam em dias cadeiras e dividem uma mesa improvisada, cada uma pede um prato para a outra pessoa, e ao invés de se alimentar, alimenta o outro. A artista conta que é quase como entrar na pele do outro. É necessário sentir o ritmo do outro, observar seu tempo. Ótima proposta!!

Mella Jaarsma: I Eat You Eat Me from Smart Museum of Art on Vimeo.

Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários