Artigos Acadêmicos

Fique por dentro da obra de Nikolaus Chodowiecki

Gravurista polonês gostava de retratar figuras míticas e cenas históricas

Por Fatima Sans Martini - julho 6, 2019
1088 2
Pinterest LinkedIn

Daniel Nikolaus Chodowiecki, nascido na Polônia é conhecido por suas inúmeras gravuras produzidas na Alemanha, país onde atuou por muitos anos como diretor da Academia de Arte de Berlim até falecer em 1801.

Nikolaus Deuses do Olimpo, 1774
Daniel Nikolaus CHODOWIECKI (1726-1801) Deuses do Olimpo, 1774. Gravura nº 117, 17,9×23,4. Acervo: Rijksmuseum, Amsterdam, Holanda.

No centro acima, sentados: Hera e Zeus. Do lado direito de cima para baixo: Atena, Hefesto, Afrodite com Eros no colo e Ares. Ao fundo: as três Graças. No centro inferior: Poseidon, segurando o tridente. À esquerda de baixo para cima: Ártemis, Deméter, Hermes e Apolo. A figura coberta por um véu é Héstia. Repousando sobre a nuvem ao lado de Hera: Íris.

Daniel Nikolaus CHODOWIECKI (1726-1801)
Daniel Nikolaus CHODOWIECKI (1726-1801) Alegoria sobre o incêndio da cidade de Ruppin em 1787. Gravura, 21,3 x 23,3. Acervo: Rijksmuseum, Amsterdam, Holanda. Abaixo do busto do rei Friedrich Wilhelm II (1744-1797) a mulher nua personifica a cidade de Ruppin. Ao lado dela a representação do fogo ainda latente. Os outros personagens personificam Berlim que ama a cidade e oferece sua ajuda.

A gravura Deuses do Olimpo produzida em 1774 transita entre o estilo Rococó e o Neoclássico, que se manifesta a partir da segunda metade do século XVIII. Estilo gracioso e sensual, o estilo Rococó atinge o auge na primeira metade do século XVIII, no edílico mundo de lazer e alegorias, principalmente junto às cortes francesa e alemã, enquanto o estilo Neoclássico, com qualidades estéticas afinadas com a Antiguidade Clássica, emerge a partir da segunda metade do século XVIII até meados do século XIX, espalhando-se por toda Europa.

Daniel Nikolaus CHODOWIECKI (1726-1801) Atena ensina o gênio militar, 1776. Gravura, 12 x 17,7. Acervo: Rijksmuseum, Amsterdam, Holanda. A deusa Atena nasceu da cabeça de Zeus já adulta. Terrível e incansável guerreira é protetora dos soldados e heróis nas batalhas. Ao seu lado repousam sua armadura e outras armas de guerra.

Na reunião dos deuses é possível verificar essa dúvida no artista: enquanto algumas figuras mantem posições despretensiosas do estilo anterior, outras apresentam posturas das antigas estátuas, dentro dos conceitos do Neoclássico, no entanto, ainda mantêm o ar delicado e gracioso do Rococó.

Inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Euclides
Euclides
1 ano atrás

Muito bom!
Texto claro e explicativo, demonstrando conhecimento sobre o assunto.

Maria
Maria
1 ano atrás

A autora nos mostra um pintor, para mim desconhecido, que nos fascina com suas pinturas.