Performance

Body art: origem, definição e principais expoentes

Saiba mais sobre esse tipo de arte que visa chocar o público

Por Equipe Editorial - agosto 16, 2019
76 0
Pinterest LinkedIn

A body art (arte do corpo) é um método de performance em que o artista utiliza o próprio corpo em suas pesquisas estéticas. A prática dentro do campo da arte conceitual é datada do final dos anos 1960, e sua discussão sobre o conceito de arte tem raízes no Dadaísmo.

Está associada à body paint (pintura corporal) que, apesar de ser encarada hoje como algo a ser apreciado, está presente desde os primórdios da humanidade na forma ritualística, assim como a tatuagem.

Chris Burden Body art
Through the Night Softly, September 12th 1973, Main Street, Los Angeles

O artista americano Chris Burden é um bom exemplo de expoente desse estilo. As apresentações feitas nesses moldes costumam ter o objetivo de gerar reflexões sobre coisas inquietantes presentes na cultura ou mentalidade do ser humano. Em uma de suas apresentações, ele pede para que seu amigo atire em seu braço com um rifle, a fim de fazer uma crítica à Guerra do Vietnã que estava acontecendo naquela época.

Outra artista que explora práticas que colocam seu corpo em perigo é a Marina Abramović. Ela permaneceu imóvel em uma sala por seis horas, com 72 objetos, entre eles uma rosa a uma arma carregada, onde o público foi convidado a utilizar qualquer um dos objetos da maneira que quisessem na artista.

Como o leitor já deve ter percebido, esta é uma forma de expressão ímpar no mundo da arte. Seu objetivo também inclui fazer com que o público “fuja” da apreciação estética apenas de pinturas e esculturas, e dê atenção, também, a uma arte mais efêmera e chocante.

Marina Abramovic
Marina Abramovic

Body art no Brasil

O brasileiro Antonio Manuel já experimentou a body arte com o seu trabalho “O Corpo é a Obra”. Isso ocorreu em 1970 e a proposta era expôr o artista nu durante uma exposição. A ideia veio logo após Ato Institucional Número Cinco (AI-5), imposto durante a Ditadura Militar como forma de reprimir a liberdade de expressão.

Antonio Manuel Body Art
Obra que relembra performance feita nos anos 1970 por Antonio Manuel

Outra artista nacional mais atual é Carla Borba. Ela cria fotografias de si mesma ao usar materiais inusitados como carvão. Em uma de suas performances ela desfila entre as pessoas do público com uma máscara preenchida por terra. O auge da apresentação acontece quando ela rasga essa máscara deixando a terra cair no chão. Veja no vídeo abaixo o que aconteceu no evento.

https://www.carlaborba.com.br/Cabeca-de-Terra

Gostaria de ver mais vídeos e fotos de performances como esta? Sentiu falta de algum artista do movimento? Deixe suas sugestões nos comentários.


Você gostaria de receber nossos e-books sobre o mercado de arte?

[sibwp_form id=1]

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de