Performance

Body art: origem, definição e principais expoentes

Saiba mais sobre esse tipo de arte que visa chocar o público.

Por Equipe Editorial - dezembro 10, 2019
301 0
Pinterest LinkedIn

Body art (arte do corpo) é um método de performance em que utiliza-se o próprio corpo nas práticas artísticas. Inserida no campo da arte contemporânea, a Body art é datada do final dos anos 1960, e sua discussão sobre o conceito de arte tem raízes no Dadaísmo.

A arte corporal acaba com a barreira entre artista e arte. As linhas são apagadas entre mensagem e mensageiro ou criador e criação. Isso permite ampliar a ideia de perspectiva da primeira pessoa.

Ela está associada à body paint (pintura corporal), existente desde os primórdios da humanidade na forma ritualística até às tatuagens.

Chris Burden Body art
Through the Night Softly (1973), Los Angeles, Estados Unidos

O artista americano Chris Burden é um bom exemplo de expoente desse estilo. As apresentações feitas nesses moldes costumam ter o objetivo de gerar reflexões acerca da cultura, sociedade, política, etc.

A performance acima consistia em Burden deslizar sobre vidros quebrados – apenas de cueca – com as mãos amarradas atrás das costas. Isso gerou um grande desconforto por parte do público, principalmente ao verem a dor sentida pelo artista enquanto fragmentos de vidro rasgavam seu corpo.

Burden queria que estivesse claro para os telespectadores como a dor é real e enfatizou isso ao se apresentar ao vivo. Ele exibiu um trecho de dez segundos desta peça nos comerciais de uma rede local de TV.


Marina Abramovic. Performance "Ritmo"(1975)
Marina Abramovic. Performance “Ritmo”(1975)

Outra artista que explora práticas que colocam seu corpo em perigo é a Marina Abramović. Ela permaneceu imóvel em uma sala por seis horas, com 72 objetos, entre eles uma rosa a uma arma carregada, onde o público foi convidado a utilizar qualquer um dos objetos da maneira que quisessem na artista.

Seu objetivo também inclui fazer com que o público “fuja” da apreciação estética apenas de pinturas e esculturas, e dê atenção, também, a uma arte mais efêmera e chocante.


Body art no Brasil

O brasileiro Antonio Manuel já experimentou a body arte com o seu trabalho “O Corpo é a Obra”. Isso ocorreu em 1970 e a proposta era realizar uma exposição com o artista nu. A ideia veio logo após Ato Institucional Número Cinco (AI-5), imposto durante a Ditadura Militar como forma de reprimir a liberdade de expressão.

Antonio Manuel Body Art
Obra que relembra performance feita nos anos 1970 por Antonio Manuel

Outra artista nacional mais atual é Carla Borba. Ela cria fotografias de si mesma ao usar materiais inusitados como carvão. Em uma de suas performances ela desfila entre as pessoas do público com uma máscara preenchida por terra. O auge da apresentação acontece quando ela rasga essa máscara deixando a terra cair no chão. Veja no vídeo abaixo o que aconteceu no evento.

https://www.carlaborba.com.br/Cabeca-de-Terra

Gostaria de ver mais vídeos e fotos de performances como esta? Sentiu falta de algum artista do movimento? Deixe suas sugestões nos comentários.


Você quer receber e-books, informações sobre cursos, palestras e mercado de arte?


Fonte

theartstory

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de