Escultura

Três mostras incríveis ganham espaço no MAC Niterói

Por Equipe Editorial - junho 16, 2016
3140 0
Pinterest LinkedIn

O que terá na mostra?
Pinturas, esculturas e instalações.

Onde vai ser?
MAC – Niterói (endereço abaixo).

É um bom programa?
Sim, pois será a reabertura do renomado museu.

Quando?
16 de junho a 24 de julho.

As instalações flutuantes de Janet Echelman
Art Basel, a maior feira de arte contemporânea europeia!

O MAC de Niterói vai reabrir no dia 16 de junho, quinta, às 18h, com três novas exposições importantes (entre elas da Coleção João Sattamini) e, ainda, show do Leo Gandelman. Abaixo, resumo das três mostras.

Ephemera: Diálogos Entre-Vistas, da Coleção MAC-João Sattamini, com curadoria de Luiz Guilherme Vergara e obras de nomes importantes da arte contemporânea brasileira a partir dos anos 1950 – Anna Bela Geiger, Cildo Meireles, Cristina Salgado, Franz Weissman, Iole de Freitas, Ione Saldanha, Leda Catunda, Luiz Alphonsus, Luiz Zerbini, Lygia Clark, Nelson Leirner, Rubens Gerchman, Tunga, Victor Arrusa, entre outros. Participação especial de Ricardo Basbaum e Daniela Mattos. São 60 anos de história da arte contemporânea brasileira (pós anos 50) que estão presentes como temas e dilemas sociais, políticos, éticos e estéticos do Brasil e mundo de hoje. 

A Arte de Contar Histórias, curadoria de Selene Wendt (Noruega), inaugurando também um programa de colaboração internacional, esta mostra investe na perspectiva de diálogos entre exposições, arquitetura e sociedade, reunindo artistas brasileiros e estrangeiros inspirados pelas grandes obras literárias latinoamericanas e universais. Cerca de 20 artistas, entre eles Dulcinéia Catadora, Fábio Morais, Ernesto Neto, Rosana Ricalde e Elida Tessler.

As duas exposições, concebidas como novas perspectivas de colaborações curatoriais nacionais e internacionais, oferecem ao visitante uma experiência de passeio arquitetônico circular integrando paisagem, obras e instalações atravessadas pela maravilhosa paisagem.

Da Escuta da Matéria aos Escombros do Ser, do artista sonoro Marcelo Armani. Uma instalação sonora site specific, que parte inicialmente do conceito de silêncio proposto nas pesquisas e nas obras do compositor norte americano John Cage. A instalação é composta por mobiliário escolar (cadeiras), carcaças metálicas de alto-falantes (equipamentos sem membrana de papel) e bases de concretos. As cadeiras são fixadas às bases, cobrindo 1/3 da altura do móvel. O público interage com a obra, que tem o objetivo de alterar a paisagem e o cotidiano do pátio do MAC, promovendo um diálogo entre os visitantes.

Exposição baseada no edital da FAN.

SERVIÇO:
Reabertura do MAC
Dia 16 de junho (quinta), às 18h, com entrada gratuita
Exposições ”Ephemera: Diálogos Entre-Vistas” – coleção MAC-Sattamini –  “A Arte de Contar Histórias” e “Da Escuta da Matéria aos Escombros do Ser”
Show de Leo Gandelman, com sax e banda (sujeito à lotação).
Data de visitação: 16 de junho a 24 de julho
Horário –
De terça a domingo, das 10h às 18h.
A bilheteria fecha 15 minutos antes do término do horário de visitação.
Ingresso: R$ 10,00
Estudantes, professores e pessoas acima de 60 anos pagam meia.
Entrada gratuita para estudantes da rede pública (ensino médio), crianças de até 7 anos, portadores de necessidades especiais e moradores ou nascidos em Niterói (com apresentação do comprovante de residência) e visitantes que venham de bicicleta.
Entrada gratuita também às quartas-feiras.
Endereço: Mirante da Boa Viagem, s/n – Niterói RJ
Informações: 21 2620 2400 / 2620 2481
www.macniteroi.com.br

 

Veja também:

Conheça as esculturas do americano Reuben Heyday Margolin

 

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de